sexta-feira, 11 de abril de 2014

Se isto fosse um blogue Rosinha...

Hoje é 6ª feira! Estou tãaaaaaaoooo feliz... Amanhã é sábado, dia de programa em família, pequeno-almoço de panquecas e compota de frutos silvestres, iogurtes com gojis e sementes de linhaça... Depois vamos até à praia, cão e tudo, somos tãooooo felizes... Amêijoas e tostas em pão de Mafra ao almoço, scones e chocolate quente ao lanche, um jantar qualquer na nossa casa zen, muito branca e acolhedora, afinal ninguém a usa. Uma ceia leve antes de me deitar ao lado do homem da minha vida, talvez  bolachas de manteiga.e capuccino sem cafeína... Sou tãoooo feliz.... Hoje é 6ª feira, não sei se já disse.

29 comentários:

  1. Falta um vinho adequado ao pas de deux com as amêijoas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se isto fosse um blogue Rosinha, o pas de deux seria acompanhado com sangria. Eu que sou eu escolheria um quinta do Carmo branco, ou um chardonnay... Mas eu também não percebo nada de vinhos, quase sempre deixo que escolham por mim, quase sempre...

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Estava mesmo a pensar em comida... Mas pode ser! Sem falhas ohh fá'xavor!

      Eliminar
    2. Aqui nunca se falha e em caso de falhanço começa-se de novo, desistir não é opção, sou tão feliz....

      Eliminar
  3. Obrigada!
    Acabei de mandar uma valente gargalhada.

    ResponderEliminar
  4. De facto, está a faltar o sushi, o vinho xpto... mas está quase perfeito!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os corderosinhas não bebem vinhos xpto; não conhecem, nunca viram. Um triste Gazela e ficam por aí: http://www.dinheirovivo.pt/Buzz/Artigo/CIECO046497.html

      Eliminar
    2. Nem mais, vinho xpto é coisa para snob-chic, nada a ver com Rosinhas, se forem ao rosé já não estão mal....

      Eliminar
    3. Então vocês não percebem que arranjam um vinho mais xpto só para a fotografia...? Mas bebem o Gazela.

      Eliminar
  5. A diferença está no discurso. A pessoa em questão dá um tom meloso à escrita que se ama, ou se odeia.
    Por falar na pessoa em causa, sou só eu que a vejo cada vez mais inchada, apesar das sementes e dieta que faz?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não pretendi imitar o tom, mantive o meu.
      (Obrigada, deu-me uma ideia para outro post, vai-se a ver e a felicidade engorda...)

      Eliminar
    2. Eu percebi que não.

      Quanto à questão da dieta, houve tempos em que me deslumbrava com a "figura" elegante da personagem. Juro que, no momento em que mostrou a real imagem, me apeteceu mandá-la àquela parte, mas "perdoei" a traição de fiel seguidora e admirei-a assim, gordinha.
      Há 2 ou 3 meses, tive pena dela, quando li o que a mãe da rival (mãe dos "filhos de coração"), escreveu a seu respeito, numa entrevista que deu, num blogue vizinho.
      Voltei a gostar do tom meloso e bagas de gogi- até as comprei!Juro! Só ainda as não comi.
      Deslumbrada, mandei-lhe um texto simples, no qual agradecia a inspiração para ser ainda mais feliz. Não me respondeu.
      Foi uma completa deceção.
      Continuo a deslumbrar-me com as fotos (e a aprender com elas a fotografar melhor, embora esteja inscrita num mini curso de fotografia), mas deixei de a ler, porque considerei que a ausência de resposta a alguém educado como eu me mostrava que talvez o texto da sogra do marido tivesse alguma razão de ser. Sinceramente, espero que não seja o caso e que a felicidade engorde, mesmo.

      Bom fds, Picante

      Eliminar
    3. p.s: relido o texto que escrevi, nem parece minha esta repetição do verbo "deslumbrar". As minhas desculpas.

      Eliminar
    4. Sogra, não. Ex-sogra.

      Eliminar
    5. Ex-sogras não existem. Existem ex-maridos e mulheres, mas as sogras (malvada sorte a minha!) são-no para sempre...a menos que a lei tenha mudado desde 94 para cá, altura em que levei uma enorme reprimenda do juíz, qd usei o prefixo. Alguém das leis para contestar?

      Eliminar
    6. Eu ando aqui sempre, mesmo que não assine ou não comente, Picante.

      Eliminar
    7. Já agora, o comentário/questão das 23: 13 é meu.
      Nina e mais um beijo nosso

      Eliminar
    8. Eu calculei. Cá um beijinho especial da tia Picante à pequena criatura
      (E outro para si)

      Eliminar
    9. Descreveram aqui o que me aconteceu há alguns meses. Fiquei incrédula e senti-me um pouco enganada. As fotografias que ía colocando, a descrição da alimentação, das corridas, etc. levaram-me a criar uma imagem completamente diferente. Quando, num outro blogue a vi de corpo inteiro, identificada como autora do blogue não quis acreditar. Não retiro o gosto que tenho de espreitar o blogue mas passei a sentir desconfiança. Fica a sensação que todas as dicas de desporto, cuidados com a alimentação e refeições saudáveis das fotografias que coloca são apenas para esse mesmo fim: um mero registo fotográfico e a seguir enfarda-se tudo menos o que ali nos mostrou. Até das imagens decorativas, viagens, roupa, etc. mantenho reservas sobre a sua credibilidade (a não ser que sejam claramente publicitárias). Enfim, espero que não se trate de um problema de saúde e, apesar de não ter lido a dita entrevista da dita "rival", também não me parece que mereça ser desrespeitada em praça pública...

      Eliminar
  6. As rosinhas não almoçam, "brunch-am" (ou como se escreve isto?). E têm flores na mesa. Fotografias da praxe: os pés, o por do sol, o brinde à vida.

    ResponderEliminar
  7. Pequeno almoco: croiassant torrado e leite com chocolate no sitio do costume. Almoco prego de maminha na grelha com wedges e uma sangria de espumante com frutas silvestres. Nem por do sol, nem vou pra' magra nem pra' feliz mas ilusões fabricadas são coisas de mentes em realidades paralelas.

    ResponderEliminar
  8. Pois... a felicidade engordou-me 12kg... raio das bagas e das panquecas e dos doces, nuns lindos sabados de manhã, cheios de sol e essas coisas todas, que nos fazem.... tão felizes!!!!!!!

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.