domingo, 6 de abril de 2014

Ele inventou o optimismo

Foi-se o único homem que conseguia ver o copo cheio, quando eu o via a setenta por cento. E puta que pariu se a merda do copo não estava vazio. Voltaremos a ver-nos, mais tarde que cedo. É uma promessa.

11 comentários:

  1. E mesmo com o copo já a estalar por todos os lados, ainda, com um sorriso, o mostrava e conseguia dizer que estava para dar e durar. De uma estirpe como há poucos.

    ResponderEliminar
  2. Era das pessoas mais corajosas que já vi.

    ResponderEliminar
  3. Estamos a "falar" de quem? Mickey Rooney, José Wilker ou Manuel Forjaz? Fiquei na dúvida...

    ResponderEliminar
  4. Vai fazer-me falta. A coragem, o optimismo, a vontade, o humor, a maneira como provocava, até o ego. Não é suposto os nossos amigos partirem. Não nesta idade.

    ResponderEliminar
  5. Não o conhecendo, passei a admirá-lo.

    ResponderEliminar
  6. 2ª anónima, está duplamente enganada. Nem o comentário se referia a ele, nem o idolatro.
    Independentemente das acções, que não vou discutir, até porque só conheço os rumores, eu falo de características pessoais. O Manel era um optimista, um irreverente, uma pessoa super corajosa. Isso é inegável.

    ResponderEliminar
  7. Tão feio, Picante. A servir-se de uma tragédia como esta para autopromoção.

    ResponderEliminar
  8. Não seja estúpida, pessoa. Que auto-promoção? Por acaso vê aqui alguma fotografia minha agarrada a ele? Por acaso falo da minha relação com ele? Limito-me a elogiar-lhe uma característica pessoal. Agora desande e escolha outro post para me bater. Aqui não.

    ResponderEliminar
  9. O otimismo é coisa que nem existia antes. Que seria de nós todos se ele não o tivesse inventado?

    https://www.blogger.com/comment.g?blogID=26254801&postID=1293391136690860961

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A culpa das pessoas o terem idolatrado e serem parvas não é dele. Ele limitou-se a viver a vida como quis, a ser feliz e a não deixar que a porra da doença o atirasse para uma cama cedo demais. E fez isso com coragem e força de vontade. Isso é inegável e digno da minha admiração. Posso?

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.