segunda-feira, 21 de abril de 2014

E que tal o fim de semana Pascoal, Picante?


Extraordinariamente frutuoso.... A Fnac estava com promoções verdadeiramente irresistíveis. Sou feliz.

31 comentários:

  1. depois diga de sua justiçao sobre o Robert Harris

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu gosto muito dele Mónica. Li o Enigma, Fatherland e outro que não me recorda o nome. São policiais com muito de história à mistura, que são todos no passado. Estes são os dois primeiros de uma trilogia na época de Cícero.
      (Mas duvido que lhes pegue tão cedo, estou a ler Lolita, entremeado com Gente de Dublin de Joyce...)

      Eliminar
  2. Huuum... É impressão minha ou este é o primeiro post-ferroada na Izzie, agora que ela deixou de lhe fazer vénias e voltou de Londres a apregoar as promoções que viu por lá em livrarias? É que ainda agora dizia ali ao lado que não gosta do Garcia Marquez...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O vosso raciocínio refinado e tortuoso não deixa de me surpreender.
      É isso, é. Fui a correr à Fnac no Sábado, comprei está porra toda que detesto, eu é mais livros com bonecos, só para aborrecer a Izzie. Aliás, quando escrevi o post ontem, eu até sabia que ela ia escrever sobre livros.
      (Eu disse que não adorava Garcia Marquez, e é verdade, não adoro. Acontece que decidi dar-lhe uma segunda oportunidade. E também acontece que este livro me pareceu bastante diferente dos outros que lhe li. Importa-se?)

      Eliminar
    2. E a Izzie nunca me fez vénias, nós até temos opiniões divergentes numa série de assuntos.

      Eliminar
    3. Fez muito bem em dar uma segunda oportunidade a GGM. Há obras e autores que devemos ler no momento certo, embora não saibamos qual é.
      Acredita que peguei várias vezes em "Germinal" de Emile Zola, antes de o ler, com sofreguidão, de uma assentada?
      Já o nosso nobel, que me obrigo a ler pela profissão, ainda não lhe apanhei o gosto.
      Gostos divergentes no que respeita a leitura são perfeitamente normais.
      Nina

      Eliminar
    4. Não gosto de Saramago, Nina. Mas confesso que só li Memorial do convento. GGM não me fascinou, li Amor em tempo de cólera e 100 anos de solidão. Não é que tenha detestado mas não me fascinou... O ultimo aborreceu-me. A ver...
      (nunca li nada de Zola... Tanto para ler e tão pouco tempo...)

      Eliminar
    5. Ora, ora! Alguém gostar de e comprar livros nunca me poderia ferroar ou ofender, bem antes pelo contrário. É dinheiro bem gasto, e tempo bem empregue.
      (e nunca faço vénias a ninguém, porque a) sou republicana; b) tenho problemas de costas. coisas.)

      Eliminar
    6. Pois, Picante, eu também não consigo deixar de me surpreender com os seus posts refinados e tortuosos sobre as bloguers que conseguem legiões de fãs...

      Eliminar
    7. Anónima, não seja carraça. Hoje não tenho tempo para si. Vá pela sombra...

      Eliminar
    8. Sim, pois, mas essa já está muito vista, arranje lá outra. Sempre que não lhes convém, desculpam-se com a falta de tempo.

      Eliminar
  3. Muita coisa bem interessante, para se conseguir passar um bocado de tempo em grande!

    ResponderEliminar
  4. Olha que bem. Tenho de ver se volto a ler ao ritmo que lia há uns anos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos os dias, nem que apenas duas páginas. Não falho.

      Eliminar
  5. A propósito de livros... Há tempos houve um passatempo naquele blog docinho em que o prémio eram livros (da editora que publica os livros dessa rosinha). É verdade que o livro em questão não era nenhum Saramago, Eça, Garcia Márquez ou Dostoiévski, mas, sendo eu uma grande devoradora de livros, participei na mesma. Passaram-se algumas semanas e eu lembrei-me que os vencedores desse passatempo nunca mais foram anunciados. Fui ao blog espreitar; sempre podia ter sido desatenção minha. Mas não, realmente não havia qualquer publicação sobre os vencedores desse passatempo. Deixei um comentário (educado, como todos os que faço) a perguntar quando seriam anunciados os vencedores. O meu comentário não foi publicado. Achei estranhíssimo, pensei que pudesse ter sido qualquer erro informático e, por isso, deixei novo comentário. E... também esse não foi publicado. De modos que deixei um terceiro (e último) comentário a perguntar se estava a mencionar algum assunto proibido e - guess what? - não foi publicado. E tudo isto me deixa intrigada. Mas agora as rosinhas fazem passatempos falsos? E para quê? Para ajudar as marcas a criar alguma espécie de base de dados ou mailing list? Não entendo, juro que não entendo. Quanto a mim, deixei de lá ir. Aquilo está cada vez pior.

    Desculpe o desabafo, cara Picante.
    E boas leituras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho esquisito mas de facto, há uns tempos ela fez um passatempo ao qual eu concorri, o prêmio era uma máquina e aquilo era random, sem frases nem mariquices. Também nunca cheguei a ver anunciado o vencedor, e lembro-me de ter ido à procura. Mas pensei que devia estar atrasado e não pensei mais nisso.
      É esquisito... Ela não tem necessidade disso... E um livro não custa nada a dar...

      Eliminar
    2. Oh não, quer dizer que afinal não há lindas botas da nova colecção da marca n-sei-das-quantas para ganhar?!?!? oooooooooh :( (participei há uma semana ou duas pela 1ª vez num passatempo de lá...de facto reparei que a data limite foi alterada - talvez para conseguir um maior número de likes no facebook da marca? - tenho andado atenta ao mail e ao dito blog, à espera de ver o que aquilo dá...agr ainda mais curiosidade tenho!)

      Eliminar
    3. Ela anunciou o vencedor da máquina sim, só que foi no meio de outro post qualquer, por isso passou meio despercebido.

      Eliminar
    4. Vá lá a correr ver, Picante! Quem sabe não foi a feliz contemplada com uma Máquina? Saber ler ajudava um pouco, claro.

      Eliminar
  6. Que pena eu não ter tempo de ler ficção...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ficção? Nada do que aqui está é ficção...

      Eliminar
  7. Romances... pronto. Romances, poesia, etc... Até acabar o ano lectivo só biografia recomendada... :|

    ResponderEliminar
  8. Aqueles dois ali da esquerda são deliciosos (tudo o que escrevem os dois autores, aliás. Pena o nosso velhinho ser tão pouco (re)conhecido).
    Bji
    Nina

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda só lhe li Ernestina. Foi um livro que me foi prendendo aos poucos. Não adorei de início mas acabei de rajada.
      O Desassossego de Pessoa era uma lacuna enorme na minha biblioteca. Para ir lendo....

      Eliminar
  9. Pessoa é...Pessoa! (amo, de paixão, como amo tantos outros clássicos)
    Nunca li nada de Robert Harris.
    um gde bji

    ResponderEliminar
  10. Já tive uma tara maior pela Fnac até ter descoberto que se consegue comprar livros na Amazon por preços muito mais acessíveis. Infelizmente maior parte dos livros estão em inglês, mas quem se safar na língua, consegue comprar livros bem mais barato que em português.
    Outra coisa: como passo maior parte do tempo fora do país, optei por comprar um kindle que no fundo compensa a quem gosta de ler porque se lesse todos os livros que comprasse estaria na falência. Já existem imensos sites onde se pode fazer download de livros de forma gratuita.
    Ah e tal, o kindle não tem o cheiro do papel... pois não, mas pesa bem menos que muitos livros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Recuso ler livros no pc. Eu cá é papel. Os que não quero comprar peço emprestados.

      Eliminar
  11. E ninguém pergunta pelos títulos dos cds que mal dá para ver? É só livros, livros, livros. Sois uma cambadinha de nerds.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Pedro. Bach e árias de Puccini. Foram quase dados, uma maravilha.

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.