segunda-feira, 3 de março de 2014

Oi? Como disse? Medo de deixar de saber escrever?

ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah.

(O menino é tãooooooo engraçado....) 

(parece que me apeteceram blogs...)

17 comentários:

  1. A Picante vem das pistas...
    Eu estou despistada. Ou talvez não..

    ResponderEliminar
  2. OI?!
    A propósito do presente post (e reportando ao anterior) e só assim pq é a menina que toca no assunto:
    - me apeteçam blogs (?)

    ora experimente:
    - me apeteça blogs

    é que o apetite é da menina e não dos blogues. verbo no singular.
    apetece a quem? - a mim (no caso à menina), logo, e como fala no condicional, - que me apeteça.

    e apetece o quê? os blogs! e agora sim, no plural.


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso não. "Os blogs" é sujeito. Os blogs é que apetecem à menina e não o contrário. A Picante escreveu bem.

      Eliminar
  3. Pipocante Azevedo Delirante3 de março de 2014 às 12:42

    o meu blogoplaniferio é um bocado reduzido, à imagem daqueles mapas usados antes das Descobertas.
    Conheço a homónima Doce, aquele que não o tem mas escreve nele, e a do Polo onde vivem os ursos.
    Alguém me dá uns lamirés?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não conhece o da sua família , um que não é pãozinho sem sal ?

      Eliminar
    2. Não tem nada a ver com falta de sal, é mais a ver com falta de tudo..

      Eliminar
  4. Parece que estou a conhecer este estilo .

    ResponderEliminar
  5. A propósito de bom português e para a menina que é uma expert nesta arte, explique-me lá a razão pela qual algumas das nossas oscarizadas bloguers escrevem "miaúfa" em vez de "miúfa".

    É que se fosse uma vez, poderia ser uma gralha mas já por diversas vezes e em blogues diferentes, tropeço com a "miaúfa" e não a percebo.
    Sou eu que estou enganada? O Priberam dá-me razão, mas nunca se sabe.

    ResponderEliminar
  6. eheheheh. Nunca me deparei com essa miadela. Não esqueceria.

    ResponderEliminar
  7. Para o anónimo professor e para a Francisca explicadora.
    Explique-me, simplesmente.
    Por que razão deverá ser lá e não cá?
    Explique-me e está tudo dito.
    De facto, hoje, e mercê do Priberam, escasseiam os burros.
    Mas as orelhas não se disfarçam porque a conjugação periférica da frase não é explicada e só se aprende na escola.
    E mais não digo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então explique-me CÁ, ó anónimo ad 17.22, a diferença entre cá e lá.

      E, já agora, caso não se importe, o que é isso da "conjugação periférica da frase", porque a conjugação perifrástica, eu conheço (o que não é o caso), agora essa de periférica, é quase como a Maiúfa ou lá o que escrevem.

      Eliminar
    2. Ah ah ah ah ah ah ah! Muito bem, Francisca...acertou! Ahahahahahah!
      A diferença entre lá e cá é que umas vezes está-se lá, outras cá, outras em lado nenhum que é assim a modos de como quem diz que ainda se vai pelo caminho.
      A periferia perifrástica é aquela que é usada por quem frequenta os blogs em tempo parcial, e ou em permanência, tanto faz porque a gramática é aquela que o freguês quiser.
      Ahahahahahahahahahah!
      E de mais já disse!

      Eliminar
  8. Amiga Picante, escreva e divirta-nos como tão bem sabe fazer o resto é divertimento!

    ResponderEliminar
  9. Respostas
    1. O mundo é dos estúpidos, são tão felizes...

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.