quinta-feira, 6 de março de 2014

E se tornassem a apetecer-me blogues?

Que não apetecem, mas se apetecessem, dir-vos-ia que tem nevado todos os dias, que a neve está tão boa que parece algodão, que uma pessoa começa a esquiar e levanta nuvens de pó, à medida que vai fazendo curvas perfeitas e ritmadas, que as pistas mais difíceis têm montes, montes esses, que são aproveitados para viragens perfeitas as quais acabam em voos com aterrissagens magnificas. Se realmente me apetecessem blogues, até poderia dizer que a criançada quase que se aborrece, para decidir quem vai atrás da tia Picante, que a tia Picante é a tia fixe, que os ensina a usar as paredes das pistas para saltar, que os orienta por entre os canhões de neve, sempre à procura de montes que originem saltos, que esquiar atrás da tia Picante  é coisa de valor, de tal modo que será contado às gerações vindouras. Ah.. a minha tia Picante, dirão eles, foi ela que me ensinou tudo o que sei fazer, em cima de um par de esquis, se sou o que sou, à minha tia Picante o devo..
E se sentisse mesmo vontade de partilhar a minha vida, até vos poderia contar como têm sido perfeitos, os dias, que a neve nos tira a visibilidade, que temos de confiar nos nossos sentidos, que isto de fazer esqui ao vento e ao frio, sem ver, apenas intuindo, não é para todos e que, apesar de esta ser uma semana de enchente, as pistas estão relativamente vazias. Os restaurantes estão cheios, os spas não têm vagas, os bares amontoados, e as pistas? Ah... as pistas estão de puta madre... E eu sou feliz, sou verdadeiramente feliz, poderia perfeitamente fazer vida disto. Pelo menos até Abril, claro está, depois acaba-se a neve.

2 comentários:

  1. Faz a amiga Picante muito bem em aproveitar e desfrutar do que é bom, já agora, hoje eu tenho mais uma entrevista no blog das boas!

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.