quarta-feira, 19 de março de 2014

Disso, da louça e dos produtos que a lavam

Eu que sou eu e já sei umas coisas da vida, também sei umas coisas sobre detergentes da louça, ele é todo um saber acumulado, de anos e anos, vai para cima de vinte, a estudar a temática dos detergentes e seu impacto na saúde dos pequenos infantes, mas dizia eu que sei umas coisas sobre detergentes que, na plenitude da minha imensa bondade, decidi partilhar com vocês, leigos em matéria de detergentes de louça, como em tantos outros grandes e importantes dilemas da vida. E, aquilo que eu sei sobre detergentes e ainda não disse, embora vá dizer já de seguida, é que os detergentes têm químicos e aditivos, que não há detergentes naturais, que a única diferença entre os detergentes para bebé e para adultos é que os primeiros têm menos perfume. E vai daí, meus pequenos póneis queridas Picantetes, que podereis misturar à vontadinha, sem qualquer receio, a louça e roupa dos bebés com a vossa, afinal a água lava tudo, não é verdade? Se o fizerdes, não só as vossas crianças não correrão qualquer perigo, como ainda poupareis uns euros, que podereis aplicar nessa espécie de loja maravilhosa que é a Zara e vós tanto gostais.
Mas, na dúvida, podem sempre comprar Sun, é igual ao outro e, pelo menos, não tenta enganar as pessoas...
Não têm de agradecer, eu existo mesmo para vos iluminar.

13 comentários:

  1. Eu uso o OMO Head and Shoulders com essencia floral de violeta dos Alpes.

    (mas estão por vossa conta, não recomendo a ninguém)

    ResponderEliminar
  2. Eu estou com a NM do Calma com o andor. Tenho andado muito satisfeita com as pastilhas fairy (ainda que no mês passado tenha aproveitado uma promoção para comprar as pastilhas da moda, sem sonhar que afinal andava a envenenar a família com tantos químicos).

    ResponderEliminar
  3. Pipocante Azevedo Delirante19 de março de 2014 às 10:16

    Isso... continuem a lavar a louça dos pequenos juntamente com a do adultos, e a fazer as sopas dos petizes com varinhas mágicas, e depois queixem-se... uma pessoa dá conselhos gratuitos, verdadeiras pérolas de sabedoria, mas daquelas de marca,que saem direitinhas das ostras para o anel, sem pedir nada em troca, e é não só denegrida mas também enxovalhada na praça (blogosférica) pública.
    SHAME ON YOU!!!
    SHAAAAMEEEEE!!!!

    ResponderEliminar
  4. estive fora, a trabalho, aquela coisa chata que pessoas têm que fazer para pagar contas e não sei mt bem o que se passa. mas como tb nao sei o que é isso da necessidade de separar a louça das crianças e como Poneys are for pussys (é uma foto bem gira), acho mesmo que prefiro a ignorancia

    ResponderEliminar
  5. Não sei como não dá um Workshop sobre o assunto, devia rentabilizar tantos conhecimentos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Falta de sentido para o negócio, é o que é. Nunca serei verdadeiramente rica...

      Eliminar
  6. Eu sou pobre, odeio ser pobre. Para além de não ter máquina (é... sabem, há muita gente que não tem máquina da loiça), lavo com sabão rosa, e olhem... não é que lava uma maravilha!?

    Deixem-se de merdices. Haja pachorra para determinadas pessoas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não se preocupe muito com isso, que vive na mesma.
      Sabão rosa, sabão azul ou sabão macaco é tudo a mesma coisa e os ingridientes são todos iguais.
      Assim como em shampoos, cremes, vernizes, batons e afins, é tudo fabricado da mesma maneira e com os mesmos químicos e ingridientes

      Eliminar
    2. Não me preocupo. Fosse nesta vida, essas as minhas preocupações. Mas acho incrível a futilidade das pessoas.

      Eliminar
    3. Pipocante Azevedo Delirante19 de março de 2014 às 16:55

      Futilidade? Se calhar não é o caso...

      Eliminar
  7. Picante, sério que vai continuar com a "porcaria" dos posts sobre detergentes? É que, sinceramente, não têm graça nenhuma. Invente outro tipo de assuntos, por favorrrr, ou então não escreva, sei lá! Está a ver aquela piada contada não sei quantas vezes? Pois, à primeira até dá para rir, mas depois ouvida vezes sem conta, perde a própria piada. :)

    ResponderEliminar
  8. Eu não tenho filhos, mas sou filha, e quando era pequena não havia cá maquinas de sopa, nem coisas para esterilizar, nem loiça para crianças, nem detergente da roupa só para crianças (e iogurtes, e bolachas e por aí fora...). E cá estou, sem nenhuma doença aparente e inteira. Claro que em certas coisas estamos melhor que há 30 anos atrás, mas fogo, será que certas mães não têm sentido crítico?? Será que esta malta também compraria aquelas tralhas todas se tivesse de as pagar? E porque é que tudo é uma desculpa para irem a correr comprar qualquer coisa absolutamente necessária e fundamental à vida? Eu só me questiono que camafeus é que elas estão a criar.
    E hoje a mais doce decidiu oferecer uma máquina de café ao pai da criança, para fazer umas mixórdias com leite que aparentemente só ela gosta. Pelos vistos a necessidade de colocar publicidade no blog já chega ao ponto de mascarar pretensos presentes de dia do Pai. E não era ela que era super cuidadosa em colocar fotos da criança no blog até aparecer a Finish e as pastilhas da loiça?

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.