quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Não és tu, sou eu....

Volta e meia há posts ou comentários que me deixam a pensar, podem ser vistos sob vários prismas, uma conclusão leva a outra, mas dizia eu que, de quando em vez, ficava a pensar nestas coisas. Na sequência deste post, qualquer coisa sobre momentos realmente impactantes e fortes para quem assiste, de tal forma que ficam marcados nas nossas mentes e, certa ou erradamente, fazem com que, a partir daí, cataloguemos os bloggers/pessoas de determinada maneira, a NM fez um outro post. Diz ela que fica abismada com a falta de capacidade que as pessoas têm de olhar para si próprias, atribuindo imediatamente todo e qualquer barrete ao do lado, numa espécie de "não sou eu, és tu". Tal como ela, eu também sorrio com alguma condescendência, não conseguindo ter outra reacção a não ser esse misto de admiração e divertimento. 
Mas depois a NM disse outra coisa extraordinariamente certa, não há inteligência que nos valha quando, no momento certo, eles usam o "nós" e nos fazem uma festa condescendente na cabeça, já Maslow o explicava e nós, burras, baixamos as guardas, ante o agrado da aprovação.
E, de repente, fiquei para aqui a pensar comigo mesma, na última vez que me fizeram uma festa condescendente e me falaram no plural...

19 comentários:

  1. A Picante tem uma ironia refinada e artística isso é que importa já agora hoje tenho uma entrevista à Pipoca dos Saltos Altos no meu blog muitas curiosidades passem lá!

    ResponderEliminar
  2. A pontuação deste texto está atroz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Outch! Isso é que me deixa desolada. Acho que vou parar de escrever....

      Eliminar
    2. Muito quadripolar essa resposta.

      Eliminar
  3. que blog pequeno o da segunda

    ResponderEliminar
  4. Quando eu leio, volto a ler e a reler e continuo sem entender nada, é porque de certeza a pessoa escreve tão bem mas tão bem que só quem tem estudos entende.Não é o meu caso.

    Joaquina Silva ( indecisa entre Nicholas Spark e Sveva Casati Modignani )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ó Dona Joaquina desista !
      Mas se não puder desistir
      Noutras leituras insista
      p'ró mesmo que nós fruir.

      (trovador de Dona Joaquina)

      Eliminar
    2. Nem um nem outra...Margarida!

      Eliminar
    3. Dona da Silva Joaquina.
      Virada pró romantismo
      Mas só lendo a Margarida
      Não te ficas pelo onanismo.

      Sparks faz-te chorar de dor
      Modignani de pena te faz chorar
      Margarida mostra-te a cor
      De te rires a enchouriçar.

      Eliminar
    4. Dois trovadores?

      ( Estavas tu, Joaquina Silva , posta em sossego...)

      Eliminar
  5. Ah... Então és tu a culpada... Ahahahahahahahahah!! Hoje passei o dia fora e bem estranhei o número de visitas lá no sítio... Mas foi quando tive um anónimo a dar-se ao trabalho de me corrigir um erro ortográfico que tive a certeza que algo de errado se passava... :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu avisei... São uma delícia, eles. Olha aí o simpático comentário que me fizeram.
      (Gosto. Gosto muito, apesar de não ter de gostar, claro está)

      Eliminar
    2. Toma lá um post para ti! Cá beijinho :)

      Eliminar
  6. Eu gosto de festas condescendentes desde que haja bolo ^^

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.