terça-feira, 21 de janeiro de 2014

E eis-nos chegados ao dia...

... em que, por coisas cá da minha vida, algumas das minhas pessoas adquiriram o saber de que a Picante tinha um blog, este blog especificamente falando. A coisa não deixou de ser engraçada, afinal são as minhas pessoas, amigas de toda uma vida, que agora vêm aqui ler e comentar os disparates que vou debitando. É verdade que não se identificam e também é verdade que eu as topo na hora (grande sonsa hás-de pagá-las...), e não é menos verdade que me ri a valer quando uma, lendo metade de um post, tomou por minha uma citação de Oscar Wilde (fazes-me falta todos os dias gaja).
Mas, parecendo que não, isto aborrece-me pessoas. E agora? como vai ser? Eu falo de Veuve, logo há-de vir uma delas dizer que não, que eu bebo é Raposeira, se uma mulher resolver deixar cair, assim como quem não quer a coisa, que mora numa zona fina da cidade, logo há-de vir outra dizer que é mentira, que em tendo de morar em algum sítio, se mora mesmo é no Seixal ou no Cacém, se me aventurar a falar do Nobu, respondem que não, que o Tico Tico é que é e com cerveja em vez de vinho. Estou aqui que nem posso de tanta preocupação, anos a construir uma imagem, meses perdidos a tentar fazer-vos crer que pertenço à classe A superior e agora é isto. As gajas vão deitar tudo a perder... Minha Nossa Senhora dos Aflitos me acuda, nunca mais as coisas vão ser como têm de ser.

E que nunca nos faltem as nossas pessoas, adoro-vos miúdas.

59 comentários:

  1. Quando as amigas descobriram o blogue, incomodou-me. Quando a minha mãe soube do blogue, incomodou ainda mais. Mas depois percebi que não havia motivo para me incomodar, porque com as amigas e com a família posso ser aquilo que sou.

    Vai daí, OLÁ AMIGAS PICANTES!

    ResponderEliminar
  2. Também me aconteceu. Com o tempo começou a aborrecer-me a sério. Fechei o que tinha e abri o que tenho agora. Problem solved.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anouc, mas se eu fechar este o que faço? O problema começa logo no nome... vou chamar-me o quê, exactamente? O Pipoco mais Doce? Polo Sul? Mulher com blog? Bola de Berlim sem creme? Wi'll always have Seixal?
      Já viu o meu problema? Não pode ser, isto é um grande dilema...

      Eliminar
  3. Olha, olha... Tu queres lá ver que em vez da "Mais Picante" és a "Mais Doce"? Ahahahahahahahahahah!! Isso é que era....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim querida...
      (eu hoje ando a treinar e só digo coisas fofinhas)

      Eliminar
  4. Pipoca, who cares?

    Isto anda fraquinho, fraquinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo, em querendo, eu faço um post sob uma temática proposta por si, não quero que lhe falte nada.

      Eliminar
    2. Não sendo o anónimo anterior tenho dizer-lhe que quando diz "em querendo" já faz com que o meu dia valha a pena (vá, quase, não caindo em exageros) e como não quer que me falte nada...
      Posso dizer-lhe que, se um dia ouvir uma mulher com sotaque nortenho a dizer isso é bem provável que seja eu - isso apegou-se a mim de uma tal forma que nem lhe digo, nem lhe conto.

      Eliminar
    3. Ah ah ah ah ah eu costumo escrever no gerúndio, e de quando em vez também falo, coisas do sul que me ficaram...

      Eliminar
  5. Como eu costumo dizer, não acredito que blogs são só blogs. Há sempre alguma coisa de quem escreve naquilo que escreve. Mais do que nós, se calhar, as tuas amigas vão ficar a conhecer-te melhor! Que venham elas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se as minhas amigas me conhecerem ainda melhor, pode bem dar-se o caso de uma mulher perder as suas amigas. Ou então não.

      Eliminar
  6. Raposeira? Cacém? Tico tico? Achas q eu era amiga de alguém assim??? E ainda que fosse nunca me ia desbroncar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá sonsa....
      (então e hoje? jantamos no Olivier?)

      Eliminar
    2. Sim, sim, Picante! Ligue a fazer uma reserva num dos Olivier, e depois se não conseguir porque está tudo marcado venha para aqui queixar-se que falam falam da crise mas os restaurantes estão todos cheios, rais'parta os pobres.
      Não é original, mas é divertido.

      Eliminar
    3. Ora Izzie, eu conheço o Olivier e a Natalie, arranja-se sempre uma mesinha para nós, isso não é bem um problema.

      Eliminar
    4. agora desiludiu-me, mesmo. Olivier?

      Eliminar
    5. Mónica, não sendo de todo, dos meus preferidos, não me incomoda. Gosto bastante dos croquetes de espinafres e do corbet.
      (obviamente que me refiro ao Avenida, os outros são detestáveis)

      Eliminar
    6. Detesto o Olivier...e eu não sou sou sonsa!

      Eliminar
  7. E com este post descansa as suas donas Joaquinas, que por momentos estão radiantes, "eu sabia, eu sabia, a mim nunca me enganou aquela Picante. De certeza que além de pelintra é, feia e gorda! Eu sabia!". Custa pouco fazer os outros felizes, basta dizer-lhes o que querem ouvir, afinal, cada um acredita no que acredita.

    ResponderEliminar
  8. Ao ler aquilo das minhas pessoas e das nossas pessoas, só me lembrei da Anatomia de Grey.

    Joaquina Silva (de volta das gravações automáticas)

    ResponderEliminar
  9. e sim gosto de cá vir ..pq és das minhas.. pessoas! qt ao resto cara picante já la vai uns anos que o meu lema é : Sorrir e acenar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já o faziam os Pinguins do Madagascar!!!!

      Eliminar
    2. A classe A superior é assim que faz. Ah ah ah ah ah

      Eliminar
  10. Pessoas da classe A não dizem 'gaja' nem 'miúdas'.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónima, nem lhe passa pela cabeça as coisas que as pessoas da classe A superior podem dizer, isto em não havendo penetras presentes, claro está.

      Eliminar
    2. Eu já ouvi grandes senhores da classe A a dizer valentes asneiras e a gabar-se de coisas que fizeram que, bem vendo as coisas, não são muito licitas... e nem era preciso não ser penetra. Bastou a ideia que, quem os ouvia, estava deliciado com a sua pessoa para que, passado pouco tempo de convívio, assumisse as coisas mais ignóbeis que possam imaginar.

      Eliminar
  11. Preciso defender os tascos do bairro: no Tico-Tico aprendi a comer croquetes com mostarda. E a gostar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os croquetes do Tico-Tico são, a par com os do Jockey, os melhores croquetes de Lisboa. Farto-me de lá ir buscar croquetes.

      Eliminar
    2. (Tico-Tico foi um mau exemplo, deveria ter escrito Portugalia)

      Eliminar
    3. Ah bom, a verdade dos factos foi reposta, tudo está bem quando acaba bem.

      Eliminar
  12. Adoro!!! Classe A, B ou C...interessa a quem? Hein?
    Confesso, de quando em quando, venho aqui ler as o que a minha amiga mais picante diz! Foi uma descoberta em grande...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Confesso que, em falando de alemães, eu sou mesmo é pela classe E.
      De resto tem razão, não interessa mesmo nada.
      (a não ser a nós, os da classe A superior, como é bom de ver....)

      Eliminar
  13. Respostas
    1. pois sabes mas eu também... e vai tudo para a tumba! mas antes passamos pelo lar...e pomos tudo em pratos limpos ... ah já sabem são todas anas (para eu não me enganar) é q apasar de mais nova estou um bocado balhelhas

      Eliminar
    2. Eu, a que sabe tudo, também te adoro, gaja!

      Eliminar
    3. ah ah ah ah ah ah ah
      Vocês são impossíveis, temos mesmo de seguir para a frente com isso do lar, seria uma senioridade de oiro.

      Eliminar
    4. não te desbronques.. eu cá sou a mais nova e menos sonsa!!

      Eliminar
    5. E eu, a que sabe tudo, é que sou a menos sonsa...e a mais desgraçada...ai, que me denuncio!

      Eliminar
    6. Ai! Que te denunciaste!
      (nós não somos desgraçadas, pah! nós somos lindas, inteligentes, divertidas e maravilhosas, sorte a de quem priva connosco, essa é que é essa...)

      Eliminar
    7. Toma lá um sorriso, já que não te posso dar o arco-íris...:)

      Eliminar
    8. Hoje não há arco-íris, está um fantástico dia de sol!

      Eliminar
  14. Sabes...e raramente te enganas...as minhas amigas são as MAIORES!!!

    ResponderEliminar
  15. Mas porquê o receio se, tal como a própria picante diz, blogs são só blogs e nada mais que isso?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olhe, excelente pergunta. Vou meditar sobre o assunto...

      Eliminar
    2. Anónimas...o quanto baste...e tuas...sempre :)

      Eliminar
    3. (Eu sabia que havia uma razão para não vos ter dito nada mais cedo...)

      Eliminar
    4. Confesso que, conhecendo a picante, estranhei o desabafo mas caramba, gostei de saber...e até fiquei emocionada.

      Eliminar
    5. abriste-nos a caixa de pandora!

      Eliminar
    6. Vocês não me desgracem, caramba.
      (Anos a construir uma imagem e agora é isto....)

      Eliminar
  16. Se descobrissem o meu blog, acho que não conseguia continuar..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Depende do blogue...e de quem descobre!!! Com a nossa picante não existe esse problema...ou pelo menos, "ainda"! Pois não, picante?

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.