sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Estudo sociológico, daqueles em grande

Por razões que são cá da minha vida, há dois dias tive de passar uma manhã inteirinha naquela loja fantástica, repleta de coisas que apetece trazer, todas elas de altíssimo gabarito, chamada Primark. Agora que penso nisso, não sei se loja será a palavra apropriada, aquilo parece mais um hipermercado de roupa, mas o que eu queria mesmo dizer é que trago aqui material para centenas de posts, agora já sei como se sentem as organizadoras daquelas feirinhas de laços, folhos, toucas, túnicas e golas de petizes, em me apetecendo poderia fazer a coisa render e render e render, qual coelhinho da duracell, o único senão será que provavelmente não me irá apetecer.

18 comentários:

  1. ...E ssim se compreende que estivesse sem tempo nem disposição para as réplicas aos comentarios dos queridos comentadores. Está desculpada.
    Exito para o estudo ,e bom dia, Mais Picante.

    ResponderEliminar
  2. Eu já tinha sugerido que, devido à quadra, era bom que se guardassem os alfinetes nas caixinhas, as tesouras nos estojos, se tapassem os frascos de cicuta e beladona, que as àspides recolhessem aos cestos mas tudo foi em vão...

    Joaquina Silva ( a perder toda a esperança na Paz na Terra aos homens e mulheres de boa vontade)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Joaquina Silva, a Dona
      Tinha-se dito de instrução média
      Mas com aspides, cicuta e beladona
      Revela-se enciclopédia

      (trovador, devida "quadra" a D. Joaquina)

      Eliminar
    2. É um saber de Google feito ( aqui punha um smile mas depois a Miss Pips ou não publica ou remete-me para a Amadora )

      Joaquina Silva

      Eliminar
  3. Querem ditar A moda, acham-se o supra-sumo das tendências e depois, por onde quer que se ande, só se vê mais do mesmo, sem qualquer tipo de criatividade ou de surpresa.

    http://3.bp.blogspot.com/-2o77KNI0zLY/Up_8IeY3PCI/AAAAAAAAKjc/fFQ336PNW5c/s1600/aMUPPET+019.jpg
    ou
    http://4.bp.blogspot.com/-MLjCy32PNKk/UqUlHH6duMI/AAAAAAAAZyE/GTKvR7PRuE0/s1600/fotografia+10.JPG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A AGM sai muito a perder nessa comparação...

      Eliminar
    2. Completamente.
      (fiquei a pensar se ela não terá surripiado o colar à árvore de Natal, aquilo tem todo o ar de ser um enfeite próprio de árvore...)

      Eliminar
  4. Sim, material para imensos posts, é pura verdade. Eu nem perco tempo a falar do traumatizante que foi a minha experiência lá.

    ResponderEliminar
  5. Pois eu confesso que gosto muito de entrar em lojas supé finas com o mesmo intuito. Isso e rir-me imenso com os preços.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está a ver Izzie? Já eu não acho graça nenhuma aos preços, tudo caríssimo, uma maçada.

      Eliminar
  6. Picante começo a perceber o porquê de tanto problema com a Primark. Ir lá nesta época pré-natal é ainda pior que durante o resto do ano.... ninguém merece!!

    Ouve o que te digo: a Primark é boa para quem está lá cedinho (horinha de abertura), durante a semana ou então sábado de manhãzinha, e nunca jamais em tempos como pré-natal, natal, passagem de ano, páscoa e durante os picos de emigrantes no verão.

    De resto, já lá fiz bons achados. É lá que compro quase toda a roupa para o meu filho (que ainda não me deixou ficar mal), tenho algumas minhas de lá. Se lá compro tudo? Não. Mas prefiro comprar lá do que dar o triplo por uma peça, p.ex. na Zara e sair com pior qualidade, ou ir a lojas como Benetton e sair-me o dinheiro do bolso e a peça ir para o lixo depois da primeira vez que é usada.
    Para crianças a qualidade é igual à de quase todas as lojas desde springfield, el corte ingles, chicco, zara... ainda não encontrei nenhuma loja onde as peças me durassem mais que as da primark.

    Para adultos a escolhe nem sempre é tão boa... principalmente para mulher acho que falta bastante qualidade mas, se procuramos bem, ainda se arranja. Para homem, bem.. as calças do meu homem que foram compradas lá (10€) duraram mais que as da salsa (80€) compradas na mesma altura... e ficam-lhe igualmente bem...

    Mas, ninguém me apanha lá nesta época - é que nem morta!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os básicos da Benetton para crianças são bons e duram imenso tempo. Dependendo das colecções (há algumas pavorosas) a Benetton tem uma excelente relação preço qualidade. E não vamos comparar ECI (e refiro-me à marca própria) com a Zara ou a Springfield, que não tem nada a ver. O truque é comprar logo no início dos saldos, arranjam-se peças boas e por vezes mais baratas que nessas lojas.
      Sinceramente a única coisa que vi de jeito na Primark foram pijamas, pantufas e roupa interior senhora / menina. Tudo o resto era de fugir.
      Calças de ganga que na verdade têm consistência de leggings? A sério? A feira de Carcavelos tinha coisas melhores, digo tinha porque há que anos que não vou lá, suponho que não tenha mudado muito.

      Eliminar
    2. Mas eu compro os básicos de criança sempre na Primark por muito menos e duram exactamente o mesmo que os da Benetton. E falo das peças que duram pouquíssimo porque já me aconteceu, literalmente, ter uma peça pronta para o lixo após a primeira lavagem (a frio, segundo as instruções)... E nunca me aconteceu com as peças da Primark. No entanto, as calças de ganga que falas não são as "jeggins" aquela coisa horrível entre calça de ganga e legging? É que isso também há na Salsa (p.ex.) e os preços são bem superiores.

      Mas acredito que tenhas uma péssima imagem daquilo, nesta época até me mete medo passar lá perto.

      Quanto à feira em questão sou do norte e, por isso, nunca fui a essa, mas já fui a algumas sendo que a qualidade das peças de feira por vezes é a mesma que a das lojas (quando as peças não são mesmo iguais). A verdade é que já trabalhei numa sapataria onde a dona da mesma tinha 3 locais de venda: uma sapataria na zona "chique" no Porto, uma num mercado de uma cidade dos arredores e também vendia na feira - os sapatos eram os mesmos, vinham do mesmo local pelo mesmo preço... mas eram vendidos a preços extremamente diferentes... Nem tudo o que se paga é qualidade, muito pelo contrário.

      Eliminar
    3. Claro que não, há todo o marketing por trás.. Cabe a nós perceber o que tem qualidade e o que não tem. Sapatos de criança, por ex, há uma loja mínima, de um senhor que vende na feira de cascais a metade do preço da Bambi e com a mesma qualidade ou melhor. Tem todos os modelos e mais algum e ainda fazem por encomenda. As tias fazem filas à porta. Até fico maluca quando vejo as babu bloggers a recomendar aquelas lojas tipo pé de pato.

      Eliminar
  7. Não se apercebe que essa ironia é estar a gozar com pessoas que lá compram simplesmente porque lhes fica mais em conta, não porque achem realmente que é uma loja fantástica de um altíssimo gabarito?
    Enfim, realmente money doesn't buy class, estas tiradas suas são prova disso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ó anónimo, não peça demasiado aqui da Picantezita, que a moça não dá para mais...

      Eliminar
    2. Anónima, é bastante óbvio que isto é mesmo a gozar com quem diz à boca cheia que aquilo é o máximo, que ficou de olho numa série de peças e que apetece levar tudo.

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.