sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Aviso Picanteano

Custa-me ser a portadora de tão tristes notícias mas lamento informar que aquela coisa lá do Zuckerberg ainda não tem ligação ao céu, os vossos rip's não chegam a Mandela (ou Madiba ou lá que raio é que agora deram em chamar ao homem, pergunto-me se vocês agora também deram em sul-africanos?).

45 comentários:

  1. Em acertando no nome e/ou fotografia já não está tudo mal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aquilo do Morgan Freeman era a gozar, não era? Só pode...

      Eliminar
    2. Eu gostava de acreditar que sim, que se tratam todos de piadolas beras, mas parece-me que não...

      Eliminar
  2. Não sendo sul africana, gosto de reconhecer um homem bom. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas parece que se anda a implicar com o facto de as pessoas se "despedirem" de quem não conhecem. O apreço pode sentir-se por um desconhecido...

      Mas obviamente percebi o ponto de vista.

      Eliminar
  3. Então qual é a questão? Há Homens que marcam a História Mundial independentemente da nacionalidade, cor da pele ou crença religiosa. Mandela foi um deles.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso diz bem pior que isso! Para começar faz comentários tão infelizes como: "Mandela ou Madiba ou lá que raio é que agora deram em chamar ao homem". Deixe-me dar-lhe uma novidade: nenhum dos dois nomes nasceu agora! Apesar do segundo representar um termo carinhoso dado pelos sul-africanos, a admiração e respeito que o mundo (ou pelo menos grande parte dele) tem pelo homem, fez com que as pessoas, sul-africanas ou não, adoptassem também a designação.
      É uma pena, de facto, que se tenha tanta dificuldade em reconhecer o óbvio... certamente por questões menores!

      Eliminar
    2. Ó Anónima está um bocadinho azeda, não? Madiba é como Nelson Mandela é tratado na Africa do Sul. Cá por Portugal nunca tinha ouvido ninguém chamar-lhe Madiba.... até ontem.
      E obviamente que reconheço todo o valor a Nelson Mandela. O post não goza com ele. Goza das reacções das pessoas à sua morte nas redes sociais. Uma pena que isso não seja claro.
      Ora vá lá agora azucrinar a cabeça à Polo Norte que ela também já prantou sobre o assunto. Bom fim de semana, sim?

      Eliminar
    3. Se até ontem nunca tinha ouvido ninguém chamá-lo de Madiba, então deveria começar a seguir mais blogs de notícias/ong's/etc em vez de se preocupar se a outra faz uma vendinha das mãezinhas e se o dinheiro todo é ou não revertido para a associação em questão.
      Ás vezes escreve coisas com piada, outras não. Agora esse seu post demonstra um pouco de impulsividade de querer escrever algo no momento e não sabia bem o quê, e ignorância. Ainda que não sejamos Sul Africanos, o uso da palavra Madiba sempre foi utilizado a nível mundial para falar de Mandela, é um sinal de respeito e de carinho.

      Eliminar
    4. Era o que eu já tinha dito, mas parece que não deu para perceber!
      Há casos, efectivamente, perdidos!

      Eliminar
    5. O mais flagrante acaba por ser aquela parte em que, sempre que não se lhe presta vassalagem, então já é porque estão "azedas".

      Tão iguais umas às outras, tão iguais...

      Eliminar
    6. Azedas por interpretarem isto como uma ofensa a Mandela. É preciso ser muito rebuscado, para não dizer mais.

      Eliminar
    7. Tem toda a razão, o seu comentário foi perfeitamente normal, respeitoso e merecedor dos mais honrosos elogios por fazer transparecer um grau de conhecimento elevado sobre a importância da pessoa em causa. Eu é que estou azeda! Tem, de facto, toda a razão!
      (Não é assim que se faz com os maluquinhos?!!)

      Eliminar
    8. Não disseste invejosas. É o que se costuma dizer, à falta de melhores argumentos.( nunca vou compreender isto de se tentar adjectivar quem discorda, mas enfim).

      Eliminar
    9. Hummm deixe-me pensar... Mandela foi aquele que disse "I have a dream" não foi? Ou terá sido "e no entanto ela move-se?", vai-se a ver e também poderá ter dito que " a maior lição da vida é que às vezes até os tolos têm razão", ou terá sido "perdoa-lhes Pai, eles não sabem o que fazem?" Tanta citação e eu tão confusa. Afinal quem foi Nelson Mandela?
      (é respeitoso o suficiente o deverei dizer exmo sr?)

      Eliminar
    10. E o post nem é sobre Nelson Mandela, faria se fosse...

      Eliminar
    11. Pronto, já lá pus um parênteses, pode ser que assim fique mais claro e que deixem de interpretar isto como uma ofensa a Mandela, que não é de todo. Tenho o maior respeito pelo que foi e significou para o mundo.

      Eliminar
    12. Um último aparte para dizer que não pretendi adjectivar ninguém. Achei o comentário azedo. O comentário, e não a pessoa, OK?

      Eliminar
    13. Da minha parte, nem estou azeda nem considerei que fosse um ataque ao Nelson Mandela, continuo a achar ignorância sim que até ontem nunca tenha visto ninguém tratá-lo por Madiba.
      Mas lá está, quando não se concorda consigo é porque são azedas, rebuscadas, ressabiadas, se calhar tentava ver para além do óbvio. Nem todos gostamos das mesmas coisas e ainda bem, só é pena que daí nem sempre venham discussões produtivas.

      Eliminar
    14. Nunca me ouviu chamar ressabiada a ninguém ou qualquer outro desses adjectivos. Limitei-me a dizer que o comentário era azedo até porque insinuava, ou pelo menos eu achei que sim, que o post destratava Mandela.
      Quanto à questão da ignorância, eu sei bem que ele era tratado assim na Africa do Sul. Como também sei que até ontem, pessoas que EU conheço sempre se lhe referiram como Mandela. Posso achar ridículo que de repente o tratem por Madiba? Não tem nadfa a ver com discordar ou não de mim.
      E repito que acho azedo, a partir de uma graçola aparecerem aí a chamar-me ignorante ou a dizer que desrespeitei o homem. Quem é que adjectiva quem?

      Eliminar
    15. Peço desculpa pelo ressabiado e afins.
      Quanto ao adjectivar ambas o fizemos.
      Então se o post é dedicado a pessoas que conhece não ao geral se calhar deveria referi-lo, generalizações nunca são boas e geralmente originam conflitos.
      Já viu, também não entendeu todo o meu comentário, nunca por momento algum achei que o seu post destratava o Nelson Mandela. É o problema dos blogs por mais boas intenções que tenhamos há sempre algo mal interpretado

      Eliminar
    16. No hard feelings. Interpretei mal o "infelizes". A escrita tem destas coisas.
      Sim refiro-me a conhecidos, vi isto no FB, como tal vem de pessoas que eu conheço..

      Eliminar
    17. Pequeno esclarecimento (não que tenha relevância) há aqui dois anónimos (ou mais). Eu sou a anónima das 11h51, 13h40, 14h39... e não o do comentário dos "infelizes"
      E sim, sem hard feelings.

      Eliminar
    18. Não a ouvimos chamar ressabiada a ninguém porque a ressabiada aqui é a Picante.

      Mas deixe lá, interpretações rebuscadas só as fazem as Comentadoras Que Não São Azedas, Apenas Fazem Comentários Azedos (apesar de ter dito, e cito, "Ó Anónima está um bocadinho azeda, não?"), porque os seus posts nunca são interpretações rebuscadas dos posts dos outros blogues e isso é que interessa, o importante é termos a consciência tranquila.

      Eliminar
    19. E eu sou o Anónimo das 13:04, nada de confusões. Proponho que, de futuro, os Anónimos passem a identificar-se com os seus horários para facilitar a quem vem de fora.

      Eliminar
    20. O(a) anónimo das 15.02h nota-se que é uma pessoa em plena paz, serenidade e plenitude com a vida.

      Se acha que aqui só se fazem interpretações rebuscadas, que a Picante é azeda e outras coisas...admiro-me porque gasta o seu tempo aqui. Eu deixei de gastar o meu tempo com blogers que acho superficiais, hipócritas, ocas e acéfalas... tantas questões.

      ps: Errar é humano. E ninguém tem que estar sempre de acordo com tudo mas parece-me que ambas a anónima anterior e a Picante já se entenderam e já interpretaram os textos anteriormente escritos. Acho é piada como é que não há dia nenhum, em que alguém discorde da Picante ou que exista alguma troca de argumentos contrários que não apareça um comentário desse género. Se for sempre o mesmo anónimo a fazer estes comentários (ou seja o autor das 15.02) então acho que deveria mesmo ver o que ressabiada significa... porque há aí alguma incongruência entre as suas palavras e atitudes. Just saying...

      Eliminar
    21. Oh, meu Deus, tanta matéria e tão boa, nem sei por onde começar.
      Vamos por partes, como diria Jack, O Estripador.
      Sou pessoa de paz, serena e plena, sim, obrigada.
      E tenho que dar-lhe explicações sobre onde gasto o meu tempo? E o Anónimo tem mesmo que se admirar com isso? Tem?
      Lá porque deixou de gastar o seu tempo com blogues não sei o quê (e olhe que não parece...), eu tenho que fazer o mesmo? Não posso mesmo gastar o meu tempo com os blogues que me apetecer?
      Quer que eu lhe diga se costumo vir aqui comentar e ser do contra? O que quer saber é se eu sou uma habitué? Não está à espera que eu lhe responda, pois não?
      E não posso ser incongruente? Eu disse-lhe que sou coerente?

      p.s: já agora: porque se deu ao trabalho de dialogar comigo, se é assim tão zeloso do tempo que gasta? Haverá aí alguma incongruência entre as suas palavras e atitudes? Just saying...

      Eliminar
    22. Pela última vez, porque já nada mais tenho a acrescentar:
      Eu sou a anónima (porque não tenho conta que me permita fazer identificação e sou pouco apta a estas tecnologias, perdão por isso!) das 11H24, 12:01 e 12:49.
      Sou portanto a anónima azeda (sim, porque foi isso que a Picante escreveu e não que o meu comentário é que o era) e a responsável pela adjectivação do seu comentário como "Infeliz" (eu sim adjectivei o seu comentário, percebe a diferença?!).
      De todo o modo, tenho apenas a acrescentar que quanto ao facto de eu ser azeda, é a sua opinião, não me incomoda e respeito (embora não concorde, mas isso é lá comigo). Acho que se não me quis chamar azeda (mas querendo, como já lhe disse, não me incomoda), ficar-lhe-ia melhor tão somente admitir que se expressou mal (coisa que acontece com toda a gente) do que querer convencer-nos a todos que apenas classificou o comentário e não a sua autora - dê-nos algum crédito quanto à capacidade de interpretar!

      Eliminar
    23. Vocês por vezes cansam-me. É mais ou menos como a diferença entre dizer "estás a ser parvo" ou "és parvo"
      Mas se quer eu digo, não sei se a anônima é azeda ou doce, achei o comentário azedo, as minhas desculpas se não me exprimi correctamente. Está bem assim?

      Eliminar
  4. E a Paris Hilton? A agradecer e a dizer que tinha gostado muito do discurso "I have a dream" do Mandela! Santa ignorância!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda há-de aparecer quem diga "a small step for man, a giant step for mankind"

      Eliminar
    2. Não é a Paris Hilton...é fake.

      Eliminar
  5. agora a porra do facebook esta cheia do mesmo

    ResponderEliminar
  6. Apesar de concordar contigo, não consigo de deixar de sentir alguma satisfação por saberem sequer quem ele é... podia ser pior :P

    ResponderEliminar
  7. Comove tanta fraternidade universal.
    É só abrir o rádio e logo um coro de anjos,
    como se de anjos fosse,
    numa toada doce,
    de violas e banjos,
    Entoa gravemente um hino ao Criador.
    E mal se extinguem os clamores plangentes,
    a voz do locutor
    anuncia o melhor dos detergentes.

    Joaquina Silva ( que mal sabe pôr uma letra à frente da outra mas sabe copiar e colar estas coisas )

    ResponderEliminar
  8. Realmente vc foi mto infeliz nesse post! Plos vistos o que lhe sai mesmo bem, são as críticas à PMD e deveria ficar por esse registo...

    ResponderEliminar
  9. Eu sou a anónima das 09:51 e perguntei -lhe qual é a questão afinal. Não obtive resposta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Achei que tinha respondido. A questão é a reacção das pessoas.

      Eliminar
  10. Concordo com a Picante. Basta ver a foto do Morgan Freeman cm Mandela para perceber o absurdo a que chegou a situação.

    Antes do FB, ng se sentia obrigado a mostrar o seu respeito por alguém publicamente.

    ResponderEliminar
  11. É preciso ser muito ignorante!!!! Já nem falo em não ler jornais ou ver telejornais mas nem a falar com amigos nunca soube que se chamava Madiba em todo o mundo ?????!!!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um bocadinho de chocolate e esse azedume passa que é um instante.
      (eu também lhe poderia chamar uns nomes, afinal o quê é que se chama a alguém que não lendo os comentários vem adjectivar outrem? Ou a alguém que não sabe interpretar o que lê? Ou eventualmente que lê o que não está escrito? Foi isso que eu disse ó alminha?)

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.