segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Por vezes...

...fico espantada, penso que afinal já não percebo nada disto da natureza humana, como é que é possível que uma simples graça sobre o tempo lá pelas terras das tulipas dê origem a comentários do calibre que deu? Nem vos passa pela cabeça a porcaria que tive de rejeitar, nessas alturas fico a pontos de fechar os comentários a anónimos, por mais que isso me aborreça, sei bem que não são todos iguais, tenho aqui uma série de discussões educadas a prová-lo, sei bem que anda tudo aborrecido com a austeridade, mas caramba... é mesmo necessário trucidar assim desconhecidos?

22 comentários:

  1. Só eu não percebi nada desse post. Sou lerda!

    ResponderEliminar
  2. Então, mas não é a menina que vive de trucidar desconhecidos? Ou vai-se a ver e é intima da PN, PMD, Cocó e afins e não dizia nada à gente, sua malandreca?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dificilmente eu trucidarei alguém aqui dos blogs.

      Eliminar
    2. Pela mesma ordem de ideias, os tais anónimos podem achar que, com esses comentários que a si lhe caem tão mal, não estão a trucidar ninguém.

      Eliminar
    3. Bom então diga-me lá qual é o post ofensivo que eu escrevi. A chamar nomes a alguém ou a falar sobre a sua vida privada. É que eu não me lembro de nenhum. O pior que eu disse foi que os gorros da PN eram gorros à mitra. Esse deve ter sido o post onde fui mais mordaz. Ainda assim o que eu escrevi não ofende, quando muito aborrece por conter umas verdades incómodas.

      Eliminar
    4. Certo, Picante, eu até concordo com isso. Mas note que os seus limites podem não ser os limites dos outros. A si choca-a os comentários que fizeram acerca da Luna e, em sua opinião, o que fez sobre ela foi meramente uma graçola. Outros podem achar que, da sua parte, aquilo foi mais que uma graçola e estão no seu direito de pensar assim; e quem comentou excessivamente sobre a Luna tem a liberdade de achar que os seus comentários foram apropriados, ainda que a Picante não pense assim.
      É que o mundo não se esgota nem na sua opinião nem na sua visão das coisas.

      Eliminar
    5. Tem razão, não nego que o tenha. Mas acho completamente diferente fazer uma piada fácil sobre algo que alguém disse ou escreveu, de tecer comentários sobre a vida privada de alguém que não se conhece, tanto mais quando esse alguém nunca escreveu no blog coisas sobre a sua vida privada.
      Eu brinco, umas vezes mais a sério e outras mesmo a brincar (foi o caso, já agora), sobre coisas que os próprios visados tornaram publicas e tento nunca os catalogar a eles, mas sim às suas acções.
      Percebo e obviamente que aceito que os meus limites sejam diferentes dos demais. Mas ainda bem que são.

      Eliminar
  3. "Estou a lutar desesperadamente contra o impulso de fazer de ti a mulher mais feliz do mundo."
    Da série: "Um Piropo Por Dia Nem Sabe O Bem Que Lhe Fazia" #19

    ResponderEliminar
  4. Estes malditos anónimos, raça despudorada, ainda vão fazer com que a santinha acabe por fechar os comentários a esses despudorados.
    O diabo os carregasse a todos que não se perdia nada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já viu? Onde é que isto irá parar??? Não há direito!

      Eliminar
  5. Ainda bem que certos comentários não vêem a luz do dia.

    ResponderEliminar
  6. Não feches os comentários aos anónimos "se faxes fabor" porque a minha pessoa não tem conta nem blog e, de vez em quando, gosta de dar o ar de sua graça.

    Posso nem sempre concordar contigo (da mesma forma que não concordo com alguns amigos) mas isso não me impede de saber expor a minha opinião de forma educada, nem tão pouco de gostar de te ler (senão não metia cá os pés).

    No entanto, tens acertado muito na "mouche" em certas situações...pessoalmente era leitora assídua da PN e deixei de ser porque acho que ela se está a "passar" um bocado. Vá, muito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não fecho, não enquanto isto estiver relativamente controlado. Mas às vezes não gosto de ver o resultado do que escrevo, fico a pensar se realmente o deveria fazer se dá azo a coisas tão feias.

      Eliminar
    2. Há pessoas feias. Não tem a ver com o que escreves.
      Há pessoas que poderiam vir aqui, até ser um pouco irónicas ou sarcásticas, "entrarem" contigo e darem-te um pouco de feedback aos teus comentários mais mordazes e até daria para uma boa gargalhada e seria uma boa conversa para se assistir.
      No entanto, a partir do momento em que passam para a má-educação acho que, de facto não se prende com o que escreves pois sigo outros blogs mais "softs" que nada têm de controverso mas continuam a ter pessoas muito más do outro lado.
      Há pessoas que são más e isto de se estar em anónimo dá muito "poder" -quem o faz para se esconder é bem capaz de o usar da pior maneira possível, no entanto, está precisamente a demonstrar a sua verdadeira essencia pois sente que o pode fazer sem ser julgado.

      (anonimo das 12.22)

      Eliminar
    3. É isso e virem em modo Anónimo (e alguns armados em apoiantes, com é o caso deste aqui de cima) com a conversa de que não têm conta nem blogue.
      Pois, pois, e eu sou o Pai Natal...

      Eliminar
    4. Há muita gente que não tem blog nem conta no blogger, esse comentário é descabido.

      Eliminar
    5. E a menina acredita nisso? Acredita quando lhe dizem isso como justificação para virem para aqui em modo anónimo?

      Ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah

      Continue assim Picante, a menina é impagável!

      Eliminar
    6. Claro que acredito nisso. Como também acredito que há muita gente que tendo conta e/ou blog, faz log out para poder criticar enquanto anónimo. Como também acredito que haja quem, tendo um blog "pequenino" em que se exponha, não queira comentar no meu blog com o seu nick.
      Mas na verdade nada disso me interessa muito. Apenas me interessa o que me diz directamente respeito, i.é. o teor dos comentários que aqui fazem. Se são anónimos ou não é-me indiferente.

      Eliminar
    7. E faz a menina muito bem em actuar com essa indiferença. Porque os 2 comentários deste Anónimo, por exemplo, têm todo o estilo da Sexo e a Idade. Quando elas são assim, indiferença é o melhor que se lhes pode dar...

      Eliminar
    8. Isso não faz grande sentido. O que é que leva uma pessoa, que normalmente entra com nick, a entrar em mode anónimo para dizer bem? Qual é a lógica?

      Eliminar
  7. Sabe-se lá, Picante. Cada doido neste mundo! Sabe lá se ela estava a dizer bem? Se calhar era ironia. Olhe, de tanto a ler, começou a querer imitá-la.
    Em calhando...

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.