sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Perfect matches ou pares boho-slam-chic cheios de pinta #4


Ó menina, deixe de puxar por mim, se faz o favor, cada tiro, cada melro, em verdade lhe digo que nunca vi roupa de criança tão feia, safam-se as modelos que daqui a uns anos lhe rogarão umas valentes pragas. E agora isso dos livros e do Marcelo... safa! Aquiete-se um bocadinho que isto não pode ser sempre sobre si, tarda nada tenho aí a ASAE da blogolândia à perna por não tratar todos os clientes com a mesma atenção. Tranquila, sim?
 (fotografias retiradas da net)

54 comentários:

  1. Para a comunidade Amish?
    Há que aproveitar nichos no mercado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahaaaaaaaaaaaaaaaaaaah

      Obrigado pela gargalhada

      Eliminar
    2. É mesmo Amish, não há qualquer dúvida (a menos que estejam a fazer o remake de uma casa na pradaria)

      Eliminar

  2. Vejo no TLC uma série chamada Breaking Amish, que acompanha um grupo de jovens que abandona a comunidade amish para viverem o estilo de vida "inglês". Não sei se foi do uso daquelas roupas e toucas, mas pelos comportamentos que vejo, arrioscaria dizer que se não apresentam lesões cerebrais, andam lá muito perto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Li algures que eles passam uma temporada "cá fora", antes de se comprometerem com a vida adulta na comunidade Amish. Parece uma vida num universo paralelo.

      Eliminar
  3. "Se queres passar bons momentos, deixa que te apalpe os teus monumentos"
    Da série um piropo por dia bem sei o mal que te fazia.

    ResponderEliminar
  4. E mal acabadinhos.... aquelas fitas desfiadas, nem aqui nem na China. Isto de querer dar um ao vintage aos piquenos, ou é muito bem estruturado ou resulta numa parolice descomunal. E fica a parecer isso mesmo: roupa feita pela velhota de serviço.

    ResponderEliminar
  5. Dos turbantes às vestimentas Amish, que mais sepode desejar?!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Umas touquinhas a acompanhar. ;)
      Alguém diga à pobre que a parolice nota-se, coitada.

      Eliminar
  6. Alguém sabe o que se passa com o Salgado? Fechou o tasco dele e só deixou uma portinha meia aberta que a gente tem que se encolher toda para lá entrar, e é-se muito mal servida que nem os comentários aparecem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Yep. E esse post não aceita comentários.
      Está novamente com um post por página, de resto tudo na mesma.

      Eliminar
    2. Morreu-lhe o cão? A séria? Que infelicidade, mas eu quando vi o post pensei que era muito pior e que se tinha casado. Pensei cá comigo, tu não queres ver que aquele traidor traiu-nos a todas e foi-se enforcar com uma delambida qualquer, sem ter ouvido os nossos conselhos?

      Eliminar
    3. Ainda não, mas já lhe faltou mais... mas respeitemos o momento, que é de luto.

      Eliminar
  7. Acho que é a primeira vez que não encontro essas roupinhas pelas blogboutiques....Fiz as duas tentativas habituais, mas nada de nada !!! Tinha sido prevenida, é certo....De onde quer que sejam, pior é (quase) impossivel.
    É verdade que o croché se usa(rá) esta saison, mas é um território minado, onde todo o cuidado é pouco.Touquinha, decote e mangas (quiça mais qualquer coisa na saia ?) dá este pobre resultado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tudo o que ela tem no estaminé parece a feira no seu pior. Isso de por os amigos a render poderia até resultar, mas com criativos e artesãos realmente inspirados. Aquilo é do pior...

      Eliminar
  8. Se a parolice pagasse imposto estava toda carimbada, coitada dela.
    Mas ela acha que é o máximo, e vai-se a ver nem o português escreve correctamente. Em calhando inchou tanto o ego que entrou em parafuso.
    Só me admira é ela que se arma em saber o que os outros não sabem, ainda não ter vindo falar no livro da Sara Norte, mas estou ver que não vai tardar nada.
    Que pobreza de espírito, coitada da moça. é ela e o marido da outra diva que se despediu do trabalho de jornalista para ficar em casa a tomar conta do filho enquanto a mulher anda a mostrar o pernão nos calções provocantes.
    Só eu é que fui uma infeliz com o meu que se não lhe ponho na mesa o tacho a horas levo porrada de criar bicho.
    Uma dona joaquina infeliz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso não concordo nada consigo, acho que ela escreve até muito bem.

      Eliminar
    2. O que é que tem o livro da Sara Norte? E o Marcelo?

      Eliminar
    3. Diz que ela agora se assumiu como o Marcelo Rebelo de Sousa da blogolandia e recomenda livros para crianças. Se o tio Marcelo sabe disto, dá-lhe uma coisinha má.
      (da Sara Norte não sei nada)

      Eliminar
  9. Eu só gostava era de saber aonde estava ela quando Deus distribuiu a inteligência. Devia estar com os copos e esqueceu-se de ir buscar o bocadinho dela.
    Agora só lhe resta ir pedir á Virgem Maria que como é mãe é capaz de ter um bocadinho de pena dela

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lamento mas também não me parece ser nada pouco inteligente. Tem um sentido de humor rápido e acutilante. Isso revela inteligência.

      Eliminar
    2. Isto a Sôdona Picante, também, é uma no cravo, outra na ferradura! Nos posts malha, nos comentários defende! Irra que isto não é fácil!

      (parecendo que não, isto diz muito de si...)

      Eliminar
    3. Ó Anônima, então lá porque eu acho que a pequena tem mau gosto, é incoerente e tem a mania das grandezas, não lhe posso reconhecer coisas boas? Eu nunca gostei de bater só porque sim. Seria sinal de fraca inteligência e isso é uma cena que não me assiste.

      Eliminar
  10. Oh, que disparate, afinal a pólvora já tinha sido inventada!

    http://thismamamakesstuff.com/crochet-baby-turban-pattern-tutorial/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ah ah ah ah ah
      (eles também nunca tentaram fazer passar-se por criadores)

      Eliminar
  11. Porquê andar sempre a criticar a PMD e a SMS? Elas não podiam estar menos preocupadas consigo, fazem lá o blog delas, publicam o que querem e vivem a vida delas descansadinhas.... e você sente a necessidade de fazer um blog (com um título a fazer referência à PMD, obviamente) para ser a "má-lingua" da internet.
    O mais engraçado de tudo é que farta-se de criticá-las, mas no entanto, para andar aqui a mandar as suas belas postas de pescada, anda sempre a visitar os blogs delas, quais tendências voyeur...! Ai, Picante, a inveja é uma coisa tããããooo feia!

    Assinado: Uma D. Joaquina muito bem resolvida e, felizmente, nada invejosa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há tanto tempo que não me chamavam invejosa.... Já sentia falta, agora só me chamam calona e exploradora de patrões.
      (Este post não é sobre. SMS ou a PMD, pensei que fosse óbvio)

      Eliminar
    2. Claro que é óbvio mas os nerves desta até a põem ceguinha, porque se calha vocês pensam que ela não vem cá como anónima? À pois vem e é ela a anónima porque ninguém falou na mais Doce e toda a gente vê que é a das fraldas, mas para ela o mundo só gira à volta dela.

      Eliminar
  12. "Se não acreditas que Deus é feito de carne e osso sobe os andaimes e anda cá tocar-me."
    Da série: "Um Piropo Por Dia Nem Sabe O Bem Que Lhe Fazia" #23

    ResponderEliminar
  13. Não gosto da touquinha. E sei que eu, quando era criancinha, detestava que me enfiassem chapéus e lenços na cabeça. Berrava que me fartava quando a minha mãe me fazia uma palmeira no cabelo.

    A palmeira é prender parte do cabelo no topo, a cair, como se fosse um repuxo. :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. S* não lhe vou dizer o que penso dessas palmeiras. Palmeiras é mais nos países tropicais.

      Eliminar
    2. Picante, podes dizer, que eu odiava aquilo. Mas admito que devia ficar uma fofura. ahahah

      Eliminar
  14. Em calhando, é da tia Manelita!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alguém que algeme essa senhora por favor!

      Eliminar
    2. Olá a todas as meninas, eu queria perguntar à querida Pipoca de quem está a falar porque a minha vida é tão preenchida que quase nem posso vir cá quando me apetece, e depois ando às moscas sem saber nada. Já meteram a Virgem Maria ao barulho e eu sem perceber patavinha, e não há direito, mas fale de quem fale ela tem que resolver por ela porque se está à espera da cristandade para a salvar não resolve nada e morre em desgraça porque o único episódio da história de Maria que me suscitou admiração foi o das bodas, daquela vez em que ela convenceu o filho, praticamente contra a vontade dele, a fabricar vinho na cozinha a partir de água, que nem sequer era água da torneira e era dum poço onde ao lado as vacas regurgitavam.
      Mas a partir de amanhã já vou ter vida mais relaxada e juro que vou saber tudo que se passa por cá.
      Nos entretantos, nunca esqueçam a vossa beleza e Decoro, meninas, decoro. Sejam decorosas todas vós.

      Eliminar
    3. Bons olhos a vejam querida Sheila, por cá continua tudo na mesma, não vale a pena estar em cuidado.

      Eliminar
  15. Tanta gentinha que se mordesse a própria língua morria!! Tanta cobrinha venenosa. Eu gosto da rubrica de aconselhar livros paras crianças. Parece-me bem mais útil do que um blog sobre banalidades, futilidades e criticar os outros blogs!!! Qual a sua opinião picante?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também gosto que me recomendem livros, que façam uma sinopse e me expliquem porque é o livro digno de interesse. Em recomendando livros para crianças, gosto que digam a que idades se destina, qual o tema do livro, quais os objectivos pedagógicos, o que trabalhar a partir do livro: se as emoções, se as boas maneiras.... Talvez eu seja por demais exigente mas não me basta que alguém se vire para mim, do alto da sua arrogância, assumindo-se igual a Marcelo Rebelo de Sousa, uma pessoa de uma cultura muito acima da média já agora, mas dizia eu que não basta que alguém se equipare ao tio Marcelo e me diga este livro é que é bom, só assim. By the way o livro foi ilustrado por uma amiga mas tenho a certeza que isso é mera coincidência.

      Eliminar
    2. Cada vez gosto mais de te ler cara picante (acho que é óbvio mas não sou a mesma anónima).
      Como tu, quando me recomendam livros gosto de saber o "porquê" -algo que uma determinada pessoa possa considerar como algo benéfico para o seu filho, eu posso considerar a pior gama literária para lhe apresentar.
      Um exemplo muito crasso são os desenhos animados muito fashion que andam a passar valores morais de treta e eu, pessoalmente, enquanto mãe prefiro que o meu descendente veja desenhos animados mais "violentos" como dragon ball, sailor moon, entre outros, ou os clássicos heidi, tom & jerry e afins. Porquê? Porque no fundo os valores transmitidos mesmo nos desenhos mais "violentos" são muito melhores que os dos desenhos "fashion" que basicamente são uma demonstração da falta de conteúdo que se vê em muita gente.

      ps: não sei como ousas sequer erguer a possibilidade de ela recomendar o livro por ter sido ilustrado por uma amiga... shame on you!!

      Eliminar
    3. Ora! Toda a gente sabe que eu tenho é inveja. Isso dos objectivos pedagógicos são meros fait divers.

      Eliminar
    4. O problema é que há pessoas frustadas na profissão que escolheram. Nunca terão o reconhecimento que pretendem e então toca de mandar bitaites como se fossem o supra sumo da sabedoria. Acham que basta dizer aos outros o que ler e o que vestir, que terão uma legião de pobres almas seguidoras. Não vêem (pq o seu umbigo não deixa) que são muito mais os que gozam e riem de tamanha santa parvoice)

      Eliminar
  16. Não sabia que o Salgado estava de luto pelo cão dele que faleceu, respeito o seu luto e tenho muita pena do falecido, mas se tivesse casado isso é que era uma desgraça para nós todas, não acham meninas?

    ResponderEliminar
  17. "Se queres ser sempre abençoada, vem comigo para seres apertada"
    Da série um piropo por dia bem sei o mal que te trazia

    ResponderEliminar
  18. Coração Destroçado12 de outubro de 2013 às 15:23

    Sheila Carina, amo-te e quero casar contigo!
    Deixa o advogado e vem para mim que estou desempregado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Coração Destroçado.
      Eu, paladino do amor universal e sempre atento às grandes Paixões, digo-lhe que não esteve mal, não senhor, mas podia ser incomparavelmente melhor.
      Veja e se quiser, aprenda para um futuro deveras promissor.

      "Deixa o advogado e vem para mim que estou desempregado.
      Todavia, não de coração congelado
      E se me aceitares como teu amado
      Prometo e juro, amar-te como um danado.

      Pois que, pior que ser-se condenado
      Amordaçado, encarcerado e agrilhoado
      É viver livre, de coração por ti Destroçado."

      Vá por mim, que para a coisa sou, equilibrado.

      Eliminar
    2. Ahahahahahahahahaha! Viva o amor!
      Se me fizessem uma declaração destas, assassinava já o traste que tenho em casa que só me arrelia, e caía rendida a tanto romantismo. É que nem pensava duas vezes.
      Uma D. Jaquina sem amor. :)

      Eliminar
  19. Não sei se a Sheila Carina vai achar muita piada pôr estarem a gozar com ela, em calhando é capaz de não achar muita piada e com razão porque a menina nem poupa as suas amigas de serem gozadas, e a menina a gozar também. A ver vamos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu gosto muito da Sheila Carina, sim? Só não ponho a hipótese de me casar com ela porque não é um Sheilo.

      Eliminar
    2. O meu coração ressumbrantre, o meu coração ressumbrante por tanta preocupação a meu respeito não vá a minha esfusiante beleza finar-se melindrada.
      Querida preocupada, a Sheilinha não mostra só os seus bonitos caracóis e o seu receptáculo alberga um QI de três dígitos muito avançados, e não de dois como explicita o seu, em que o primeiro dígito é um 0.

      Eliminar
  20. Que pirosada que as fashionistas agora metem nas crias. Folhos, laços e mais folhos. Mas alguma criança se sente confortavel assim? E alguém acredita que os folhos e os laços andam direitinhos e limpos o dia todo?... Bem me parecia!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também detesto ver crianças desconfortáveis somente para fazerem as delicias das mamãs que nem têm o bom senso de as vestir com roupas adequadas à temperatura nem ao seu conforto. Ainda este verão - em pleno Agosto! - tive um baptizado em que a pobre criança estava cheia de mantinhas (porque tinham sido comprados para a ocasião), um vestido de um tecido mesmo muito pesado e quente (porque era fashion e tããããooooo lindooooo) e a pobre criança passou toda a tarde a chorar - estamos a falar de um bebe que nem 1 ano tem, e quando nós mães irresponsáveis referimos que a criança poderia desidratar para lhe tirarem a roupa ou, pelo menos as mantas, ainda ouvimos umas boas tiradas (algum dia se poderia desconstruir todo o look próprio da ocasião?!) da mamã-super-in-fashionista.... Não sei como aquela criança ainda não morreu nas mãos daquela criatura que a teve -.-

      Eliminar
  21. Meninas meninas!, Salgadetes! O Senhor voltou! VOLTOU!!!
    Não é incrível !? Voltou!
    Quem se chega à frente? Vá meninas! Quem é a primeira?Toca a correr que o Senhor está muito deprimido, coitadinho dele.
    A Dona Helena não vale porque é Doutora!
    SALGADETES! Todas ao ataque!!!

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.