sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Nisto dos blogs...

...é tão fácil criar personagens, tão fácil senhores. Em se querendo, dá-se-lhe forma e personalidade, um traço de exagero aqui, um contorno ali, arranja-se umas expressões bengala e, se as coisas forem como têm de ser, a coisa está feita. É verdade que em se morando em Lisboa e tendo o 9º ano de escolaridade convém não querer passar por um mestrando de Yale, afinal os milagres não são para todos, não é? Mas em verdade vos digo que limando umas arestas aqui e acolá é possível despertar determinadas reacções, as pessoas aborrecem-se ou riem, por vezes entendem por vezes não. De facto, isto dos blogs pouco difere de gerir uma equipa, carregando em diferentes botões de acordo com as reacções de cada indivíduo a diferentes estímulos. E isso pessoas, isso é divertido, uma pessoa quase se sente um maestro, é de coração que vos digo que isto dos blogs me diverte deveras.

35 comentários:

  1. Definitivamente, Mais Picante, não devo estar a fazer as coisas como têm de ser feitas. Isso das personagens acho são criadas pelos autoires dos blogs e pelos leitores em partes iguais. Aliás, até arriscaria dizer que a imaginação dos leitores pesa um pouco mais. Pois que até eu, que não tenho qualquer peso na blogolândia, fui confundida com um homem. Nisto dos blogs, acho mesmo que cada um lê o que quer ler, mais do que o que está escrito. Mas que me divirto, isso divirto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mirone, foi confundida com um homem porque o nome Mirone remete imediatamente para o masculino. Basta ir ao seu blog para perceber imediatamente o engano.

      Em formando uma opinião, cada um lê o que quer ler, de acordo com a imagem que já formou. As pessoas têm necessidade de confirmar as suas crenças e juízos. É por isso que eu posso dizer que "hoje está um dia bonito". Não faltará quem venha aqui dizer que eu tenho é inveja das gentes que hoje irão até à praia, que o que eu queria mesmo dizer é que eu própria gostaria de estar na praia.

      Agora, a imagem que passamos, em querendo, é planeada. E é isso que é verdadeiramente divertido.

      Eliminar
  2. Prefiro os blogues que me parecem mais genuínos, sem necessidades de personagens e frases bengala. No entanto, por vezes, admito que seja difícil distinguir o que é a pessoa real e o que é a personagem.

    Os blogues também me divertem, e muito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sempre ao lado.

      Tendo em conta a sua "profissão" um nico de perspicácia não lhe faria mal.

      Eliminar
  3. Sim mas é preciso arte , copiar o modelo que resulta é apenas parolo e isso nota-se em pormenores como o teu post de ontem. Copiar o modelo Pipoco faz de ti pareceres aqueles ténis Naike, uma imitação rasca. E não venhas com a tanga de teres muitas visitas (não sabemos porque tens o contador fechado) porque ambas sabemos que um blog de mexericos tem sempre uma base de cuscas que garante algum movimento, sempre o mesmo.


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Serão opiniões, o post de ontem não foi copiado, a linha editorial não tem rigorosamente nada que ver com a do Pipoco, apenas adoptei o estilo snob e condescendente.
      O post de ontem apenas pretendia provar que é perfeitamente possível fazer passar uma imagem pensada e planeada. Que por vezes, formamos imagens de quem lemos que não têm nada que ver com a realidade.
      Eu sei bem quem espicaço com cada post. E ao contrário do que se possa pensar, não são necessariamente os alvos das piadas os mais ressentidos. E isso é muito divertido.

      Eliminar
    2. (cerca de 1500 dia, acho uma brutalidade se quer saber)

      Eliminar
    3. Não adotas o estilo snob e condescendente do Pipoco, copias as frases que ele usa, começas os posts no título, etc. Não podias copiar o estilo porque não chegas lá e como só copias a parte fácil o resultado é um desastre e os traços parolos aparecem em muitos posts para além do de ontem. Aparecem quando tens que estar sempre a dizer que és irónica, quando tens que estar sempre a falar de anónimos, quando não sabes conjugar frases. E se tiveres 1500 visitantes por dia eu sou a madre Teresa, abre lá o sitemeter por um dia e prova isso.

      Eliminar
    4. Anónimo, concordo inteiramente consigo e até há dias já tinha aqui dito que o engraçado é que este blogue, que se pretendia snob, tornou-se um blogue para D. Joaquinas, ou seja, um blogue de mexericos.

      Eliminar
    5. "ao contrário do que se possa pensar, não são necessariamente os alvos das piadas os mais ressentidos"
      Claro que não. Qual é a duvida? Os alvos das piadas, querem lá bem é saber de si, continuam o caminho, ganham dinheiro (e muito) com os seus blogues e fazem disso a sua vida e estão lá bem é ralados consigo.

      Eliminar
    6. Então e o comentário onde eu assinalei a total discrepância entre os posts e os comentários/respostas que faz? Não é para publicar? Era ofensivo?
      Vê como não é verdade que só não publica o que é insulto/má educação?

      Eliminar
    7. Oi? Fragilidade? Como é que é?
      (E obviamente não vou publicar o seu simpático comentário, temos pena, o espaço é meu, eu decido)

      Eliminar
    8. Claro que sim, fique lá com o seu espaço, que usa para difamação, e, sobretudo, fique lá com a sua cobardia.
      Mas sabe perfeitamente que eu tenho toda, TODA a razão e que não passa de uma cobardolas e que é facilimo apanhá-la. O meu comentário não tinha nada a ver com simpatia, mas sim com tudo aquilo que tem medo de ver publicado!
      Pode continuar a fazer o seu papel de menina-bem à vontade e a enganar pessoas, essas sim, de bem, como a Sexinho, mas só é enganado quem quer, quem não a quer ver como você é.
      Será desmascarada, sim! e já falta pouco!
      Cobardolas!

      Eliminar
    9. Anónima tanto disparate e falta de coerência é cansativo e confrangedor. Ponha lá o Tico e o Teco a trabalhar, deve ser difícil, eu compreendo, afinal não está habituada, mas dizia eu para tentar pôr os neuronios a trabalhar. Este seu comentário mostra bem quem é que insulta quem, cobardemente, escondidinha sob a capa do anonimato. E ainda tem o desplante de me vir ameaçar. Ora vá-se encher de cocó, sim?

      Eliminar
    10. A ver se tem coragem de publicar as outras coisas que lhe disse. É ó tinhas! E a anónima sou eu, claro...
      E quanto à Cocó, o que isto tudo me diverte, acredite.
      Porque no final, quem anda de Ferrari é ela. Ficou com o Ricardo e ainda o passeia de Ferrari. E você... ficou a ver navios!

      Eliminar
    11. A anónima é muito estúpida, não é? Eu quando disse vá-se encher de cocó, queria dizer para se ir encher de merda, mesmo.
      Que raio tenho eu a ver com o marido da Sónia? Não seja parva que parvoíce a mais é decadente.

      Eliminar
    12. A conversa acabou. Nada do que disser será publicado. Passar bem.

      Eliminar
  4. ontem não parei de rir com os comentários ao post. Muito engraçados os seus leitores. Deveras

    ResponderEliminar
  5. Seleciona os comentários que publica. Porque? Qual o critério?

    ResponderEliminar
  6. Eu se estivesse no seu lugar nem sequer me dava ao trabalho de perder o meu precioso tempo a responder aos anónimos das 09:29 e 11:35, que se vê mesmo que são as Salgadetes a defenderem o Senhor com unhas e dentes.
    Gosto do seu blog e de si.(Aquilo da minha paixoneta por si era só na brincadeira):)
    Adelaide.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora, eu gosto disto, em tendo tempo tento responder. É delicioso vê-las fazer exactamente o que tanto criticam sem que disso se apercebam.

      Eliminar
  7. Agora percebi o post de ontem. É que cheguei a temer o pior, e já pensava que hoje chegava aqui e lia cartas aos seus filhos e via fotos do caozito com nome de estilista...
    Tenho de aprender a não duvidar da sua ironia :)

    AnaMaria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No dia em que por aqui houver fotografias da minha prole linda e loura em Ralph Lauren, em mudo o nome para a mais polete.

      Eliminar
  8. Como se entra para a sua equipa?
    Não consigo imaginar nada mais prazeiroso do que ser diariamente estimulado por si.

    (sim, só apanhei isto do texto)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Garotas, estão familiarizadas com o conceito de poliamor?
      Quando quiserem o Almeida explica.

      Eliminar
  9. "A tua mãe só pode ser uma ostra para cuspir uma pérola como tu."
    Da série: "Um Piropo Por Dia Nem Sabe O Bem Que Lhe Fazia" #9

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E o teu pai um tubarão que te legou a ferocidade.

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.