terça-feira, 11 de junho de 2013

Ainda na onda do balanço

Sarcasmo (do grego antigo σαρκασμός "sarkasmos" ou "Sarkázein"; Sarx=“carne” Asmo= queimar “queimar a carne”) designa um escárnio ou uma zombaria, intimamente ligado à ironia com um intuito mordaz quase cruel, muitas vezes ferindo a sensibilidade da pessoa que o recebe. A origem da palavra está ligada ao facto de muitas vezes mordermos os lábios quando alguém se dirige a nós com um sarcasmo mordaz.
O sarcasmo é uma figura de estilo muito utilizada nas artes orais e escritas, designadamente na literatura e na oratória. Fyodor Dostoyevsky foi um dos grandes representantes do uso deste recurso estilístico, definindo-o como "o último refúgio dos modestos e virtuosos quando a privacidade das suas almas é invadida vulgar e intrusivamente".

Def. Wikipédia

8 comentários:

  1. Bem; temo muito seriamente que a desconfiança a seu respeito, não obstante o seu denodado esforço clarificativo, se volte a instalar entre os seus leitores, acrescido sobremaneira pela indefinição das suas leitoras quanto à posição que devem escolher.
    Como quer que uns compreendam e outras assumam posição correcta perante a escrita, se não explicou o que é intrusivamente?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu a pensar que as dificuldades seriam no que refere à alma... Sou uma optimista, é o que é.

      Eliminar
    2. Lá está. Pense em aplainar as dificuldades aos vivos que as almas, não se preocupe que alguém lhes mostrará a luz, um dia.

      Eliminar
  2. Caro OCorvo, receio que por muito que se explique o que é a ironia ou sarcasmo, haja sempre quem não vá entender. Ponto!

    ResponderEliminar
  3. Gosto mais da ironia! É mais divertida. Mais bem disposta!

    ResponderEliminar
  4. Tem toda a razão, Mónica. Quem não sabe brincar não sabe nada, nem sabe amar.
    Um desconfiado está sempre pré-disposto a ver num beijo não esperado, o remorso de uma traição já consumada.

    (não procurem no Oscar Wilde que isto é mesmo meu)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois que gostei muito da sua verve. Mái' nada!

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.