sexta-feira, 3 de maio de 2013

Pergunta para queijinho

A partir de quantas visitas é que os blogs menos conhecidos passam a ser blogs mais ou menos conhecidos e podem passar a fazer parte do clube dos blogs que organizam jantares, sempre em restaurantes japoneses, pois está claro, e corridas ao fim de semana e workshops e essas coisas tão giras?

28 comentários:

  1. Eu acho que é essencial que o blogger que aspira à fama seja lisboeta. O resto do país não importa - abre-se a amável excepção para o Porto.

    É também importante que o blogger que aspira à fama seja jeitoso, que blogger feio não entra no grupo de bloggers famosos (não é que eles o exijam, mas é a vidinha).

    É também essencial que o blogger que aspira à fama seja amigo de um outro blogger, já famoso, que o vai ajudar a dar o tal salto para a fama.

    É crucial que o blogger que aspira à fama adore sushi. Sushi é soberbo. Sushi é melhor que sexo. Sushi é viciante. Se tiveres gostos de pobre, como eu, gostas mais de francesinhas. ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

      Eliminar
    3. S* eu detesto francesinhas. E gosto de sushi, sim, desde que não tenha de o comer mais se uma vez por mês. A minha perdição é mesmo um bom bife.

      Eliminar
    4. Em relação ao segundo ponto S*, não há mulher feia, há mulher pobre! :) (Cara P+P, calma que o smile foi só para a S!)

      Eliminar
    5. Pipoca, ora, pode até amar sushi, a questão é que a blogosfera chique AMA sushi, é um vício. :P

      (imagino os comentários que teve de apagar... ahahah)

      Eliminar
    6. É natural que seja um vício, porque é realmente bom. Por exemplo, a S gosta de francesinhas, de torradas, de moelas, etc, que aparecem frequentemente no blog. Em Lisboa há, e ainda bem, uma democratização da oferta de sushi, o que faz com que seja mais barato e fácil comer sushi. O que me aflige é alguém criticar que se façam posts sobre sushi, feijoadas ou que quer que seja que as pessoas gostem.

      Eliminar
    7. Ora, eu também acho que, sei lá, bolo de chocolate é realmente bom. Mas não é um vício e não o como todos os dias - e todos os dias com o mesmo fervor.

      Quanto às torradas e moelas, não estou a ver que as veja frequentemente no meu blogue... eu é mais francesinhas e, mesmo essas, só uma ou duas vezes por mês. Oh.

      Eliminar
    8. Sushi barato? Em Lisboa? O sushi por definição é caro, pelo menos o sushi que vale a pena.
      S* o que apaguei era mais do mesmo, haja pachorra!

      Eliminar
    9. Não se falou em barato. Falou-se em mais barato. Pronto, não aparecem no blogue, aparecem no Facebook, Instagram, por aí fora. Não percebo é o problema de se criticar quem come o que quer que seja...e porque há-de ser motivo de gozo ou chacota equivaler blogues chiques a sushi...

      Eliminar
  2. Então e não há um clube para bloguers que não têm o coisinho a contar as visitas? Está mal!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que esses não têm clube, escreverem única e exclusivamente porque gostam.

      Eliminar
  3. A partir do momento em que ou é engraçado ou cai em graça...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas a verdadeira questão é como cair em graça quando não se é engraçado.

      Eliminar
  4. Eu sei que já disse isto muitas vezes mas pelos vistos ainda não as suficientes, ficaria mesmo agradecida se usassem outro espaço que não este para insultar outrem que não a minha pessoa. Os comentários apenas foram publicados porque pensei, com alguma estupefacção é verdade, que se me destinavam. Publico tudo via mail, o que significa que não consigo perceber se são respostas a outros comentários.
    A sério gente, coisas com outros bloggers é dirigirem-se aos espaços deles, sim? Agradecida.

    ResponderEliminar
  5. Se eu te responder, dás-me um queijinho? É isso?

    ResponderEliminar
  6. Acho que não tem a ver com isso, basta aperceberes-te que há um jantar e também e pronto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não pode ser, blogger que é blogger organiza o seu próprio jantar.

      Eliminar
  7. Isso, isso!
    A partir de quantas visitas é que é?
    Gostava muito de lá chegar...e em chegando virava isso tudo do avesso; ele havia de ser sardinhadas e churrascadas e feijoadas (que eu no sushi não vou além de tempura), e depois ficavamos todos a lagartar ao sol (sou melhor a lagartar do que a correr; correr cansa-me muito e depois de uma feijoada não me parece aconselhável).
    Já nos workshops sou muito boa como se pode verificar aqui:

    http://www.osexoeaidade.com/search?q=work+shop
    :DD
    P.S - acabei de perceber porque nunca serei uma blogger de sucesso...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah ah ah eu também adoro uma boa sardinhada e sempre achei que lagartar era mais saudável para os joelhos.

      Eliminar
    2. Quando isso acontecer, lembrem-se da minha barriga e digam quantas visualizações é preciso ter para garantir o acesso! Sou pequeno mas não quero ser marginalizado...

      Eliminar
  8. Na minha modesta opinião, que valerá pouco pois sendo alergica a peixe tenho uma relação comedida com o sushi, que nen sequer acho supra sumo, nem me arrogo a doutrinar a sociedade, nem a ser a referencia da moda em portugal com o estilo de mulher de cromo da bola, nem quero escrever livros que fazem o Guttemberg questionar-se directamente da tumba, nem tenho complexos de suburbio com necessidade de ser emergente e parecer cá da malta e ter a malunfa (e se a minha colecção de carteiras falasse, o gadpar taxava-me só a mim) o cão e a criança mais gira do país numa corrida desenfreada contra o passado; eu diria que há uma sede de protagonismo assaz descontrolada, acompanhada por vidas muito vazias e com muita falta de referencias. E que seguem qual fieis uma "religião" que a mim me escapa pelo basico, falso e desinteressante.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que delícia Mónica, estou quase a passar este comentário a post.
      Mas em verdade lhe digo que prefiro o estilo Beckam ao Zara e H&M a desfilar de como Prada se tratasse.

      Eliminar
    2. eu peço desculpa pelos erros de spelling mas de telemóvel e em modo caminhada com o sol na cara nem reparei. 1000 escusas. Mnc (e pior, atestei in loco ao almoço, o reality show, a "minha vida veste prada e vocês admirem"; p*** sorte)

      Eliminar
    3. P+P não ria, foi traumático, até ia ficando com o raio do prego do Uchiado preso na garganta.

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.