sexta-feira, 5 de abril de 2013

Coisas realmente importantes

Isso de os estudantes quererem processar a Lusófona por se considerarem irremediavelmente lesados na sua competência e qualificação científica é uma coisa que me causa uma imensa estranheza, além do descrédito, óbvio, nas suas capacidades intelectuais, então mas eles não sabiam que estavam a tirar um curso na Lusófona?

6 comentários:

  1. Comecei a ler este post e na minha cabeça, de imediato "ora, se eles é que quiseram ir para a Lusófona", e depois leio a conclusão, e pronto.

    (sou socialista, que sou, mas nisto das privadas sou uma snob que só reconhece a Católica)

    ResponderEliminar
  2. Eu não conheço a Lusófona, respeito todas as privadas... mas admito que respeito bem mais as públicas.

    ResponderEliminar
  3. Agora estiveste realmente bem. Queres beber alguma coisa?

    ResponderEliminar
  4. Eu também respeito todas as universidades, não dou é valor nenhum aos cursos que algumas delas ministram.
    Privadas só a Católica, eventualmente o ISG, vá...
    (Se falarmos de ensino básico e secundário, aí o caso já muda de figura)

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.