segunda-feira, 4 de março de 2013

Viagens da nossa vida

Em verdade vos digo que ultimamente também não tenho viajado como costumava, a vida muda, é um aborrecimento, fui a Nova York, a Londres variadíssimas vezes, perdi a conta das vezes que fui a Madrid, mas isso não conta, afinal é já ali ao lado, quase daria para ir de automóvel, fiz Ski na Suiça, em França e em Itália, só não contam como repetições porque fui variando as estâncias, fui às Maldivas, aquilo já não é o que era, metade dos corais destruídos, viagens a locais verdadeiramente novos não fiz nenhuma, ai é verdade fui a Cape Town e às Seichelles. Uma tristeza, a minha vida é uma tristeza, praticamente sem viagens a sítios novos, sou só eu que acho este post do mais cagão que existe? Ou vocês também?

29 comentários:

  1. Mais que cagão!! Tão mas tão ridículo...

    ResponderEliminar
  2. Um bocado, é melhor ir buscar papel higiénico ao lidl. Ou então, fina como Pipoca é, no supercor do El Corte Inglés.

    ResponderEliminar
  3. Palmier Encoberto deixou um novo comentário na sua mensagem "Viagens da nossa vida":

    Cagão?! Nã... eu acho isso miserável! :D

    Publicar
    Eliminar
    Marcar como spam

    Moderar comentários neste blogue.

    Publicada por Palmier Encoberto em A Pipoca Mais Picante a 4 de Março de 2013 à0 16:22

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Palmier, vai desculpar-me mas isto de aprovar comentários via Tm dá asneira, de vez em quando. Esta foi a vez, apaguei o comentário em vez de o publicar

      Eliminar
  4. Cagão é elogio...
    O post faria sentido se ele dissesse que já repetiu a Costa da Caparica e a Lagoa de Albufeira...

    le-laissez-faire.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  5. Quando li o post também fiquei incrédula...

    ResponderEliminar
  6. Infelizmente eu também não posso ir a lado nenhum. Não por culpa minha mas por exigências imperiosas de valorização de um cidadão que se preze, que é pôr a leitura em dia antes que arrisque a exclusão social.
    Portanto embrenhei-me com unhas e dentes, com ganas sanguinárias na obra-prima da literatura lusitana, "Eu Carolina."
    E, pasme mundo! O que não tenho aprendido. Aprendi que a maior Universidade em Portugal é a do Dragão. Entram alternadeiras e saem escritoras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Carolina é que a sabe toda, de quenga a socialite e agora ainda dá aulas.

      Eliminar
  7. Ja ando perdida... Quem escreveu tamanha pérola de humildade? O arnaldo?

    ResponderEliminar
  8. Qual deles é que foi desta vez?!
    A pessoa distrai-se um bocadinho e perde logo o fio à meada!
    Bolas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah ah ah Pedrinha, será dos boys? Aposto que são mais interessantes que estes daqui dos blogs mais conhecidos.

      Eliminar
    2. Ah!
      Já me organizei (que é como quem diz, me arrumei) e já vi!
      Querem lá ver que vou ter de me fazer seguidora dos "coisos" para não me perder nestas andanças?

      Eliminar
  9. Senhora Dona Pipoca, uma questão pertinente:
    Pode dizer-se a "minha querida esposa"?
    Ou isto é mesmo de cagão?
    Obrigada pela resposta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tenho para mim que é coisa de burgesso mas hoje em dia há que ter cuidado com os dizeres. É coisa de pobre, vá.

      Eliminar
    2. Para além de altamente errado!
      Os esposos, só o são durante os esponsais (celebração do matrimónio religioso); depois serão sempre e só, marido e mulher!

      Eliminar
    3. "minha esposa!" não é de cagão, é só de parolo

      Eliminar
    4. coisa de pobre ... uma vénia P+P

      Eliminar
    5. Coisa de pobre é muito bom, não é? Que saudades do sai de baixo e do maravilhoso Caco!

      Eliminar
  10. Do melhor este post! Eu o mais longe que fui,foi ali a marrocos... Isto de uma pessoa ser desarrumada,é uma tristeza.

    ResponderEliminar
  11. Cagão? Nahhhh, onde foi buscar essa ideia?
    Marta

    ResponderEliminar
  12. Oh minhas queridas e onde leram essa maravilha? Eu juro que já revirei o blog e só vi dilemas. Ai como eramos todos felizes quando o maior dilema era chegar à hora de almoço e não ter ainda o douto senhor lido A Bola e o Record. Bons velhos tempos em que não havia cagança

    ResponderEliminar
  13. Pronto, ja descobri, já li, ja fiquei mt mal dispista e acho que havia mt choco frito para discutir. Mas não me apetece. Emergente e ruim

    ResponderEliminar
  14. Não é caso unico na blogosfera. respondendo à pergunta claro que sim.

    ResponderEliminar
  15. Quase não viajei.... E enumera as viagens.
    Contraditório. Hehehe

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.