sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Há quanto tempo não falava de Lev?

Dou uma espreitadela de olhos ali ao Tolan, delicio-me com uma crítica literária e não posso deixar de sorrir ao pensar que seria óbvio que as rosinhas tivessem gostado mais da parte das relações, que não tivessem conseguido apreender a excelência e a maravilhosa contradição de Anna, que as crises existencialistas de Levin tivessem aborrecido. Afinal de contas lemos apenas o essencial, riscamos mais um da lista e absorvemos exactamente nada, não é verdade? Rien, nicles, nothing, zero. Venha o próximo, eu gostaria de sugerir o Inferno de Dante, tenho impressão de que gostarão.

16 comentários:

  1. Tenho receio que confundam com o Inferno de dantes (dantes, quando ainda moravam na Curraleira)...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah ah ah ah ah ah Pedrinha, olhe que vai parar ao inferno...

      Eliminar
    2. Ahahahahahahah
      Tanto melhor!
      Sempre lá conheço mais gente!

      Eliminar
  2. Pois! Esse! Também está adaptado ao cinema, não está?
    Uma horita, horita e tal e é vê-las a jorrarem conhecimentos literários que nem a Marga Magra.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A adaptação está muito mal conseguida. Por aí não chegarão a lado nenhum.

      Eliminar
    2. Fale por si. Ai não que não chegam!

      Eliminar
  3. http://www.msblogue.com/2013/02/ill-be-back.html

    <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha Santa Teresinha me valha, aquilo é uma ameaça?

      Eliminar
    2. Sim. Vai voltar ressabiadão.

      Eliminar
    3. Px de genitália pequena não aguentam não andar aos pulinhos e ser vistos

      Eliminar
  4. Detesto pessoas presunçosas! É só conhecimentos, mais conhecimentos!

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.