terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Estou aqui no trânsito, nem sei que faça

Após ver os Oscars, sim vi mais tarde mas acabei por ver, fica-me a imensa dúvida se alguma daquelas senhoras ainda terá maminhas de origem ou se serão todas encomendadas.
Ah!... e eu ficaria com uma boa parte daqueles vestidos, já sei que não gostam, são simplezinhos, ficam mal no peito, as cores são aborrecidas, não importa, eu gostei muito de vários. Serei menos esquisita e exigente, decerto. Ainda assim não calço Zilian, não me visto na Zara e não pranto fotografias tendo a Bobadela por fundo.

7 comentários:

  1. Eu fiquei foi boba de saber que existe uma localidade com esse nome.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Portugal tem um sem número de localidades que nos deixam de boca aberta.
      (e não necessariamente devido aos seus nomes)

      Eliminar
  2. Eu também ficava com uns quantos...e como sou morena qualquer cor fica bem :)

    ResponderEliminar
  3. Eu não ficava com aqueles vestidos, porque poucos me favoreceriam. O defeito está nos vestidos, pois claro.


    ahahah

    ResponderEliminar
  4. Os vestidos não simples, são alta costura; serem simples é dificil dado ser no limite confeccionados à mão. Podem não ir ao encontro da estética subjectiva. O que não nos podemos esquecer é que estas piquenas dos oscars independentemente de serem umas brasas tonificadas por PTs diários, comerem batidos, terem tratamentos à base de caviar ou urina de bisonte para estarem impec, serem até talentosas, muitas delas têm origens muito humildes, por vezes miseráveis, tiveram vidas mt complicadas e ao entrarem na máquina da fama gsnharam dinheiro mas tal não lhes deu imediatamente "saber estar", educação, cultura geral ou vontade para evoluir nesse sentido. E isso faz a diferença numa gwnyeth ou numa natalie portman. Eu por mim ficava com as joias mesmo as mais pavorosas. Isso vale sempre dinheiro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Elas não têm de se saber vestir, pagam para que haja alguém a tratar da sua imagem. E ter origens humildes não significa que se tenha mau gosto. Há Elie Saab e há Versace. E todo um universo de diferença entre eles.

      Eliminar
    2. as origens não são problema, veja-se uma paris hilton. mas também é verdade que muitas destas estrelas, dos movies, do rock, do que seja, por vezes, ascendem a coisas e deslumbram-se pelo brilho sem perceber o conteudo e, pior, sem vontade de o querer perceber, o ter gosto de aprrendê-lo.

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.