terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Dúvidas, só dúvidas a minha vida é isto

Se eu agarrar nesta imagem, aqui em baixo e retirar a cauda ao cavalo...
....isso quererá dizer que posso ir comprar umas t-shirts ao hipermercado, mandar gravar a imagem, a qual obviamente não é uma cópia de uma marca registada, porque tem alterações, ainda que imperceptíveis* aos olhos dos mais distraídos, e vendê-las via facebook? Hum? Ou será que é contrafação, daquela da boa, semelhante à que os ciganos costumam fazer e pela qual chegam a ir presos?

*Ler comentários ao post

43 comentários:

  1. Ando com a ideia de escrever um livro, mas como dá muito trabalho, vou juntar uns parágrafos de outros, bem escolhidos, e mudo aqui e ali um verbo, um substantivo, um adjectivo. Não tem mal nenhum. E vou criar uma linha de papel de parede que é um reinvenção dos padrões liberty, também.

    ResponderEliminar
  2. A falta de noção que as pessoas têm sobre os problemas em que se podem meter, é assustadora.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não me parece falta de noção. O que torna a coisa dolosa. Se for ao FB a marca Martine está registada. Ou seja ninguém a pode copiar, sendo que ela pode copiar os outros.

      Eliminar
  3. Além da desculpa das lterações, gostei da conversa "Temos outros modelos, mas preferimos promover-nos à custa de modelos/logotipos de outros". Oh, sim, muda tudo.

    ResponderEliminar
  4. E não há quem arrume com isto de vez?!
    Fartinha de chico-espertos!
    Mas que eles é que a levam na boa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Yep. Cambada de parasitas, é por causa de gente assim que o país está como está.

      Eliminar
  5. Um dia que a Chanel, YSL, Dior e por aí a fora dê de caras com estas t-shirts vão ficar muito muito zangados e vão instaurar um processo em cima. o que mais me enerva neste tipo de "empresas" que surgem à custa de imitação de empresas já existentes é que não sabem nas que se metem. E depois o que é que acontece: as pessoas que são fanáticas pela pipoca e pelo arrumadinho não se importam de pagar 30 eur por uma t-shirt que nem de algodão é com um print em cima a imitar grandes marcas. Tenho amigos que possuem empresas de estapagem e fico parva com a diferença entre o preço de custo e o preço de venda. As pessoas têm que começar a ser um bocadinho mais críticas.
    Vãnia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem toda a razão mas as pessoas que são fanáticas pelas "figuras" mencionadas são parvas e deviam ter juizo. Uma coisa até encontrar conforto ou um sorriso no que escrevem (e mesmo isso os psicoanalistas teriam muitooooo para tratar) outra é perder o discernimento e não ver que estão perante contrafacção.

      Eliminar
  6. Lê-se no FB da marca "A Martine é uma marca registada pelo INPI desde Janeiro de 2013. Qualquer uso indevido ou comercial de textos ou imagens da marca poderá dar origem a um processo judicial." Às vezes dou comigo a pensar nas pessoas que falam só para se ouvirem. Não lhes ocorre que o uso de outras marcas já existentes, também elas registadas e há muito mais tempo, possa dar, igualmente, origem a um processo judicial?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois. Ou isso ou fiam-se na impunidade da nossa justiça...

      Eliminar
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  8. Vamos lá então montar um negócio: pegamos numas T-shirts brancas e imprimimos lá símbolos que nos deram uma trabalheira a criar, depois aproveitamos o facto de termos um amigo conhecido na blogosfera e pedinchamos modelos e maquilhadora de graça... Et voilà... temos negócio. Depois é so montar a barraca no focinhobook e esperar que as fashionistas vejam, comprem e depois andem aí todas de igual. É a receita de negócio ideal, até porque há quem esteja disponível para trabalhar de graça e tudo!

    ResponderEliminar
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  10. Os ciganos, não fabricam nada, nem mandam sequer fabricar, limitam-se simplesmente a comprar e a vender, negócio que agora foi tomado pelos chineses e esses sim fazem contrafacção.

    ResponderEliminar
  11. O que vale é que o INPI deixa passar tudo, pelos vistos...

    ResponderEliminar
  12. Nunca comprei, nem hei-de comprar contrafacção. Não me atrai nada andar com uma LV de plástico ao ombro. Mas quando era miúda tinhas as minhas sapatilhas NAIKE e as RETRUCK. Naquela época faziam furor!

    ResponderEliminar
  13. Vivó plágio!

    Esta nem se preocupava com o imperceptível. Traduzia do original em inglês e publicava como autora.

    http://www.tsf.pt/PaginaInicial/Interior.aspx?content_id=716337

    Este resolveu o assunto ameaçando com umas pauladas valentes e que partia os cornos a todos.

    http://relinternacionais.blogspot.pt/2006/10/miguel-sousa-tavares-equador-e-o-plgio.html

    Esta foi mais moderada e argumentou que era tudo inveja dessas gajas gordas despeitadas pela sua beleza e sucesso.

    http://oplagiario.blogspot.pt/2005/10/um-caso-de-auto-plgio.html

    Mas há mais! Mais e muito mais e nem o Saramago escapa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Auto-plágio parece-me bem menos grave... E toda a gente sabe que a MRP leva a mal que uma mulher pese mais de 45kg, deve ser um recalcamento qualquer por ela própria não ter curvas..

      Eliminar
  14. Tenho de averiguar isso... tenho andado com falta de disponibilidade para seguir essas palhaçadas. Mas quero ver.

    ResponderEliminar
  15. Ai Pipoca!
    Nem sei o que lhe diga.
    Como é possível?
    Ultrapassa a burrice.
    E É PUNIDO.
    Porque É crime.
    A Louis Vouitton (apenas a título de exemplo)apresenta SEMPRE (em casos que chegam a Tribunal) PEDIDO DE INDEMNIZAÇÃO CIVIL.
    SEMPRE.

    Quem faz a publicidade (não sinalizada, por sinal) não tem "avisos" sobre "conteúdo protegido" nos respectivos blogues?
    Porque seria diferente com os "logos" das marcas?

    Juro que não percebo alguns raciocínios.
    Mas pronto. Sou eu: anónima, burra, recalcada, invejosa, e, está claro, GORDA.





    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que compreendeu. Como mulher que é, se cair na patetice de contrariar as inteligências galopantes deste país, é isso tudo e Gorda é-lhe atribuída em Caps Lock.

      Um homem é mais grave e corre sérios risco de integridade física muito danificada. Pauladas no lombo e cornos partidos.
      Caladinhos e tudo muito bons meninos e meninas, com sinceras demonstrações de merecida admiração por esses e essas, que por mor do esforço empreendido se vão da lei do Plágio libertando.

      Eliminar
  16. É pá, esta estória, não lembra, mas estas tias são todas iguais. Senão atentem neste post http://mariaguedeslisboa.clix.pt/2013/02/sera.html
    Eu acho que anda toda a gente a precisar de (além de uma boa dose de vergonha) daqueles óculos que até são MESMO de marca e custam menos de €60...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas a zara copia as tendências dos estilistas. Qual é a novidade? Acontece que o faz com materiais manhosos. O efeito final nunca é o mesmo.

      Eliminar
  17. quem era a rainha do estilo, blogger referencia da moda em Portgal que em seu dia escreveu "não tenho nada contra a contrafação, acho bem que usem". A Anne Wintour em sabendo caem-lhe os óculos e o Karl parte o leque. Style icon que diga que gosta da sua bela imitação não percebe um boi de estilo, de moda, da vida sequer. É um adereço que respira, tão somente

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como? Desconhecia. Mas acabo por compreender, eu também acho muito bem que alguém se lembre de lhe atirar uns ovos cada vez que faz boquinhas a falar. Sei lá... irrita-me.

      Eliminar
  18. Não percebo quem é que se mete nestas coisas sem noção nenhuma do real, das leis que protegem patentes e marcas.
    Como é que as pessoas não têm capacidade para perceber a diferença entre inovação e plágio?

    ResponderEliminar
  19. Pipoca mas não é isso q tu fazes com um blog conhecido da nossa praço? Plagiar as expressoes e copiar o estilo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não Anónimo(a), não é isso que faço e acho lamentável que não perceba a diferença. O estilo de escrita é o mesmo mas isso não é plágio em lado nenhum do mundo. Os títulos que são iguais estão identificados, como tal a fonte está referida. Os conteúdos são sempre diferentes.
      Mais, se o Pipoco achasse que eu o plagiava não publicaria os comentários que faço no blog dele, não lhe parece?
      Que comentário tão mesquinho...

      Eliminar
    2. Ahahahahah mas os seus comentários nuuuunca são mesquinhos! ADORO A COERÊNCIA!

      (outro anónimo)

      Eliminar
  20. Esta conversa lembrou-me a maluqueira que se gerou este inverno em torno de umas sapatilhas de cunha pavorosas, imitação dos modelos (não menos pavorosos) da Isabel Marant, que custam à volta dos 400 euros. As fashion bloggers lançaram o isco e a histeria instalou-se. Conheço uma jovem que ligou para umas 30 zaras do país até encontrar o seu modelito. E como ela, muitas mais ligaram certamente. Resultado: naqueles dias, ali pelo chiado, 1 em cada 4 andava com aquilo nos pés (das restantes, pelo menos uma usava botins com tachas)...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aquilo era mesmo muito mauzinho. E a porcaria das tachas deve ser das piores coisinhas que foram buscar aos 80's.

      Eliminar
  21. Bom mesmo é o meu comentário a questionar a utilização dos símbolos das marcas nem sequer ser publicado pelo Arrumadinho. Mas para quem, no dia seguinte às T-shirts, fala em "chico-espertismo" creio ficar esclarecido acerca da (falta de?) coerência deste senhor.

    JMS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Às vezes, ainda que sem intenção, poderemos ter 2 bitolas, uma para amigos, outra para os outros.

      Eliminar
    2. meus caros, pode ser inocencia minha, e não acreditar em individuos predestinados (excepto o clã Kennedy), mas não se chega à projecção que estas pessoas chegaram, em Portugal, sem a maior dose de chico-espertismo, e cara de pau. Claro, podem dizer que são do mais integro que há. Mas eu também posso dizer que sou podre de boa. E? são ambas afirmações mentira

      Eliminar
    3. Eu, por acaso, até tenho boa impressão de quem dá vida ao Arrumadinho. Apesar da questão das t-shirts sempre me pareceu uma pessoa recta e com boas intenções.

      Eliminar
    4. Where there is a beast there is a crestomatia. Atentái.

      Eliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.