quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Dúvidas Pipoqueanas

As minhas dúvidas continuam a dar cabo de mim, não sei que se passa, agora as rosinhas decidiram pôr-se a ler obras russas, não sei se pensam que aquilo lhes dá um ar menos estúpido, reparem que eu não disse inteligente, disse menos estúpido, atentai bem que a Karenina tem "quaise" 900 páginas, derivado de a vossa cabecinha ser pequenina é capaz de ser um bocadinho demais, até porque aquilo não é só amor, fala muito do sistema político russo imperial, trata a questão agrícola, enfim é complicado, entendem? Porque não começam por ler a Gina? Não tendo nada a ver, o nome é estrangeiro e sempre tem uns bonecos...

16 comentários:

  1. Acho que estás a ser injusta , Pipoca. Quem vê os videos que andam por aí a circular daquela marca que até já teve vergonha e os retirou, percebe logo que isso é tarefa fácil para as rosinhas. É só o começo, para aquecer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda não os vi. Em vendo logo direi de meus pensamentos

      Eliminar
  2. Exactamente o que penso. Onde é que vão conseguir ler o Anna Karenina? Porquê que não se ficam pelo Nicholas Sparks e Nora Roberts? A sério, há coisas que não são para qualquer um!

    ResponderEliminar
  3. Reparou que a outra mais doce mandou a indirecta?
    "Têm a certeza que é a Ana Karanina? Certeza mesmo?"

    ps: Sabia que eu já fui um orgulhoso proprietário de uma singela colecção de Ginas e Tânias?
    Ah, pois é. Pode não ter contribuído muito para a minha cultura literária, mas fiquei com umas mãos de fazer inveja a um pedreiro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não reparei mas acho que está cheia de razão.

      Pedrinho, por quem é, não destrua a imagem que tenho de si, não quero saber nada disso de trolhas.

      Eliminar
  4. Concordo. Acho que há livros que não são propriamente literatura de cabeceira e não me parece que esse seja um deles.
    Podem sempre começar por ler os resumos das novelas do teletexto, já é literatura avançada!

    ResponderEliminar
  5. É um grande livro. Duvido que metade das pessoas que o leiam entendam o intrincado para além da passional história. Ou tão-pouco valorizem, aprendam com isso. Ou consigam apreender e reter. Vão só dizer é um grande livro, literalmente falando

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para além da riqueza histórica, as personagens dariam um tratado psicológico, de tão ricas e complexas.
      Sim, é um livro enorme. Ah ah ah

      Eliminar
    2. Ahahhahahahahahahahhaahhahaha um GRANDE livro, é óptimo! :DDDD

      Eliminar
  6. Para se ler esse livro é preciso ter cultura geral, saber a época em que se situa, nada mais nada menos do que Historia Moderna e talvez conhecer, saber um pouco do autor. O que não me parece que isso assista a muita gente que anda por aí.

    ResponderEliminar
  7. Também acho que é capaz de ser um bocadinho de mais. Acho que é fatuidade exagerada só para poderem jactarem-se de: ah e tal, eu também vou ler Anna Karenina.
    Deviam, para principiar, abalançarem-se ao “Tás a Ver” do Mário do primeiro big brother, a fim de se começarem a familiarizar aos caracteres impressos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pássaro, eu tenho para mim que eles (as) vão ver o filme e depois dizer que leram o livro. Vão ao engano, que o filme apenas retrata os vestidos na época e pouco mais.

      Eliminar
  8. Eu só não percebo esta obrigatoriedade em ler 436546 livros por mês? É mesmo necessário colocar esta meta? Ou estabelecemos esta meta ou somos uns incultos que não lemos nada?

    Quanto à escolha do livro é tudo uma questão de ser "chique" ahah como alguém disse em cima "a blogosfera gosta de ser chique"

    le-laissez-faire.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  9. Acredito que muitas pessoas usam a blogosfera para fingirem ter a vida que não têm, acaba por ser uma ilusão para elas próprias, mas se as faz feliz, que assim seja ... E um livro a mais na estante e na mesinha de cabeceira dá sempre aquele ar ... sei lá ... chique.

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.