sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Ainda das empresas e disso do marketing


O rapazito que escreveu esta verdadeira pérola teria lugar na minha equipa. Não sei se lhe daria a área de contacto, mas eu gosto de pessoas assim. Quanto ao patinho de crista... bem não é necessário dizer nada pois não? ya ya

20 comentários:

  1. É bem verdade. Não há fome que não dê em fartura
    Ou tudo ou nada.
    Depois de se ter posto a Anna ao Karreirinho
    Mala da Pepa a tiracolo com jeitinho
    Sai-me um patinho ao caminho.
    Para que mais nos guardou o destino?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahahahah!!! Impagável, ahah...

      Eliminar
    2. Pássaro, tenho de lembrar-me de não ler os seus comentários enquanto o senhor da qualidade fala sobre as próximas auditorias

      Eliminar
  2. ahahahah, pufff!!! Eu não acho tanta gracinha os homens andarem com tantas piadinhas.
    Mas lá está, isso sou eu.

    ResponderEliminar
  3. Por acaso não achei piada nenhuma. Revela uma profunda falta de respeito pelo verdadeiro âmago do assunto: o despedimento de 70 pessoas!

    Jamais em tempk algum o quereria trabalhar comigo. Antes de ter piada, é preciso saber ser assertivo. Não foi o caso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem razão!
      Para me penitenciar vou ser mais altruísta do que ele e não limitar-me à exclusão do sumo de laranja e ajuntar-lhe o de maracujá.

      Eliminar
    2. Pois fazia muito mal. Todos os que trabalharam comigo e esses para quem trabalhei, enriqueceram sem excepção.

      Absolutamente verídico!

      Eliminar
    3. Sério Anónimo? Por acaso eu acho uma excelente ideia boicotar empresas por estas se reestruturarem, de modo a assegurar a sua sustentabilidade e o emprego a 400 ou 500 pessoas. Até porque as empresas, acordam um dia mal dispostas, e há alguém que diz "embora despedir uns macacos? Só assim para nos divertirmos?". E Pimba! Despendem 70 pessoas.

      Eliminar
    4. Ai não conhece essas empresas? E vive em que mundo? Nao conhece empresas mal geridas que pagam fortunas a uns e que querem ganhar ainda mais, e misérias a outros e que ao mínimo sinal aproveitam para despedir os mais fracos. Que somos o país da Europa com maior discrepância salarial entre chefes e funcionários? Com gastos supérfluos de novos ricos que depois distribuem migalhas. Espero que nunca seja uma das 70 despedidas. É porque a sua empresa ja nao precisa de si e pode ser que alguem ganhe um carro mais potente com menos uma...

      Eliminar
    5. Poupe-me à conversa das empresas exploradoras e do pobrezinho do trabalhador sff, que não tenho a menor paciência.
      E não se preocupe comigo. No dia que a minha empresa não precisar de mim, não será para dar nenhum carro mais potente. Obrigada pela atenção.

      Eliminar

  4. Uma vez uma Bruxinha
    Sem prestar grande atenção
    Cavalgando a vassourinha
    Voava rasando o chão.

    Não reparou, não via
    Num malvado corvo que ria
    Pois já com ela fisgada
    Por cima dela voava.

    Tomou altitude e direcção
    Não voou mas planou
    Mediu ventos e marés
    Afinou a projecção
    E com tal mestria o fez
    Que desfechou e não errou

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahahahahah!!! Hilariante, ahah...

      Eliminar
  5. Eu bem sei que não se brinca com o despedimento de pessoas, mas ri-me a bom rir.

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.