quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Chamou, senhor?

Estou triste, muito triste, tão triste que se acontecesse o caso de ser uma pessoa com fraca auto-estima até poderia fechar o blog. Estou em crer que aquilo dos nomes dos bloggers famosos era para mim, que se não fosse o meu nome nunca conseguiria ter visibilidade nenhuma. Minha Nossa Senhora das Dores me acuda, estou de tal maneira desesperada que estaria capaz de mudar o nome do blog para "bardina mas muito fêmea". Vou tomar um xanax a ver se passa.

17 comentários:

  1. Oh... essas coisas é melhor não dar importância. Só agora atingi a questão (dahhh).

    ResponderEliminar
  2. Ahahhahahahahahahahhahahahah muda, muda! Olha que eu também estou a ponderar algumas hipóteses!

    ResponderEliminar
  3. Ahahahahahah

    (A sério, uma leucotomia pré-frontal resolvia o problema!Até temos um Nobel na área.)

    ResponderEliminar
  4. Haja pachorra ;)

    S*, andas aqui e no "macho"!? Que raio?

    ResponderEliminar
  5. São estes profundos dramas existenciais que flagelam impiedosamente as boas pessoas, crentes convictos e cristãos devotados; são estas vicissitudes cruéis do destino que, por vezes, sem que se saiba ou se compreenda porquê o desalmado é tão pródigo; que me fazem quedar como um desses filósofos bêbedo, alto, magro, doente e pálido encarando o mundo como se daí já nada haja a aproveitar, ou não valha a pena.

    ResponderEliminar
  6. Se está assim tão mal, por que não pergunta a algumas bloggers o que tomar? Há quem partilhe conselhos de estilo e há quem receite medicamentos agonistas aos seus seguidores...

    ResponderEliminar
  7. Eu acho que seria mais a parte dos desempregados que vivem à custa dos impostos dos outros.

    Será o Paulo Portas?
    Será a Jonet???

    ps: recebeste muitas embalagens de bifes nos sacos da solidaridade?

    ResponderEliminar
  8. Com muita pena minha não apareceu por lá nenhum macho verdadeiramente sensível, capaz de fazer uma loucura e comprar um bife... foi mais leite, arroz, massa e feijão.

    ResponderEliminar
  9. Já que falamos de bifes...
    Ao ler as caixas de comentários dos sensíveis de género indefinível reparo que grassa muita fominha por essa blogocoisa fora.

    Será caso de avisar algum banco não forçosamente alimentar?

    Fica a minha inquietação e quiçá mesmo uma oportunidade de voluntariado.

    ResponderEliminar
  10. Só isso? Feijão e pouco mais!?
    Comovente abnegação em prol dos bem-aventurados carecentes, filantropia aliviadora do sofrimento humano, verdadeiramente merecedora de uma estátua de reconhecimento.
    Outorgo-me o privilégio dedicatório, que será mais ou menos assim, a menos que peque por insuficiente e alguém alvitre algo de mais grandioso.

    À Pipoca + Picante: expoente máximo da abnegação e altruísmo que se desprendeu da galáxia dos astros flutuantes para resplandecer nas nossas esfomeadas vidas
    A humanidade reconhecida.

    ResponderEliminar
  11. Ora bolas Pássaro, também não é preciso ter mau feitio, para isso basto eu. Como saberá não se pode comprar frescos, apenas bens não perecíveis.
    (e eu limitei-me a carregá-los)

    ResponderEliminar
  12. Pedro Almeida, se fosse a si olhava para o prato antes de comer, aquilo lá é coisa para dar indigestão...

    ResponderEliminar
  13. Não senhor! Nada de dar más ideias ao homem. Aposto que ele perdoa o mal que faz pelo bem que lhe sabe.
    Ou só a menina é que quer brilhar por desprendida caridade?

    ResponderEliminar
  14. Confesso que a primeira vez que aqui vim bater, teve a ver com o nome do blog e a associação que fiz. Mas não voltava se não tivesse gostado.

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.