sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

A Picante fala de publicidade

Uma vez sem exemplo também falo de publicidade, má publicidade, publicidade que me causa repulsa e indignação. Porque uma coisa, minhas queridas rosinhas, é receber cremes para o rabo e ir ao blog dizer que sim, que são maravilhosos, que até os pelos eles fazem desaparecer. Outra coisa, completamente diferente, é ir a um evento de uma empresa, a pretexto de tomar um pequeno almoço no Ritz e ser vista, que isto quem não é visto é como quem não existe, atrás deste virão outros convites, afinal convém aparecer para que as agências de RP não tirem o nosso nome da lista vip, não é verdade? Mas dizia eu que uma pessoa vai ao Ritz, toma o pequeno almoço, recebe uns chupa chupas, ouve uns senhores, diz que são médicos, debitar umas quantas incorrecções não a troco de viagens mas a troco de qualquer coisa, que isto não há almoços grátis, e que faz essa pessoa? Ora pois bem, vá de ir ao blog fazer publicidade a um medicamento para obesos, o qual inclusivamente já foi retirado do mercado e tem uma imensa contestação à sua volta. Pior... diz que praticamente não tem efeitos secundários e que é uma maravilha para fazer perder peso. E eu, quando leio estas coisas, chego a corar de vergonha e a pensar que "Alli" há alguma falta de ética, que a publicidade encapotada deveria ser controlada. Pelo menos quando danosa para a saúde.

22 comentários:

  1. Não posso crer. A minha alma está parva.

    ResponderEliminar
  2. Pois eu fiquei verdadeiramente enjoada com as respostas da Sónia, ah e tal isto não é publicidade, ninguém me deu dinheiro, vocês gostam mesmo é de dizer mal e não percebem nada de publicidade... Claro que não, eu nem faço ideia do que é um evento de RP. Só me apetece dizer-lhe que nasça outra vez e depois me venha falar de publicidade.

    ResponderEliminar
  3. Hoje este medicamento, ontem o medicamento para as enxaquecas (embora num registo diferente, contado como episodio), amanha sera o que?
    Eu acho que a senhora autora desse blogue nao tem nocao de que ha produtos que nao se devem recomendar ou mencionar o nome de animo leve!...
    Sinceramente, e' tao mau o post como a accao de quem tenha organizado o "evento".
    Esse produto e' vendido na farmacia e supostamente devera ser aconselhado por profissionais de saude. Ou sera' que e' para ignorar isso?
    Sera' que daqui a uns tempos teremos sugestoes sobre as melhores benzodiazepinas para combaterem as insonias escritas muito subtilmente num post?...

    ResponderEliminar
  4. Pipoca malagueta, sabe me que estou a apaixonar por si, não sabe?

    Mas, sabe o que lhe digo? Se uma pessoa (homem ou mulher) vai consumir algo apenas porque viu anunciado num blog qualquer, ainda para mais um medicamento, ainda para mais em publicidade óbviamente encapotada, se isso lhe fizer mal...olhe que morra! Merece-o.

    E do ponto de vista das marcas, faz mesmo sentido investir nesta forma de publicidade em determinados blogs? Existe mesmo assim tanta gente que se deixa influenciar por isso? Há assim tanta mulher parvinha....opsss, pessoa parvinha?

    ResponderEliminar
  5. Pedrinho, o menino é um querido, já se esqueceu que sou de direita? E do Sporting? Ora repense lá isso...
    Tem razão, terá muita razão, mas a sociedade tem de proteger os estúpidos deles próprios, neste caso as estúpidas. E não se iluda, há por aí muitas Marias Joaquinas que vão a correr comprar o que as Cocós, Pipocas, Mes e Homens sem Blogue ( fiz questão de mencionar um homem que também os há) lhes dizem que sim, que é bom e vale cada euro. Agora otc's??? Não me lixem, que é para não dizer vernáculo, assim como assim eu sou chique e toda a gente sabe que uma pessoa chique não diz essas coisas.

    ResponderEliminar
  6. Oh, desconhecia que fosse do Sporting :-(
    É pena, até já tinha pensado em irmos um fim de semana para o parque de campismo de Monte Gordo...

    ResponderEliminar
  7. OK! Depois de ir ler o post da Alli concordo inteiramente com a 'Sôdona' Pipoca, publicidade crua e dura! E nãããããooooo, eu acredito mesmo que as pessoas não recebem nadinha para falar disso. Logo jornalista, "yeah right". Além de que o 'piqueno'-almoço já foi um pagamento.. Enfim!

    ResponderEliminar
  8. Esse medicamento é igual ao Xenical da Roche. Embora seja de venda livre não deve ser usado sem indicação médica pois como todos os medicamentos tem contra indicações e efeitos secundários, alguns dos quais bastante desagradáveis. Não devia ser publicitado num blog pois há muito boa gente que querendo perder peso a todo o custo é capaz de tomar qualquer coisa principalmente se publicitado por uma blogguer conhecida.E sei do que falo pois sou médica.

    ResponderEliminar
  9. Estes blogs são lidos principalmente por jovens e é muito perigoso publicitar num blog um medicamento com indicações precisas e contra indicações e efeitos secundários indesejáveis.Jovens e não só, que me leem, não se iludam e não tomem nada sem falar primeiro com o seu médico.

    ResponderEliminar
  10. 100% de acordo!!!

    Para além do post da outra ser uma completa falácia, é um perigo!

    Parece que alguém, por lá, ainda tem dúvidas sobre os perigos dos medicamentos, santa ignorância!

    Outra coisa que não gostei nada, foi de alguém ter dito que esteve quase a morrer devido ao medicamento e ela ainda gozou com a leitora. Bom senso fica bem e nunca é demais. Por vezes, dá-me a sensação que o cocó não é só na fralda...

    ResponderEliminar
  11. Sou da opinião que, se quiserem, podem publicitar tudo. Até um remédio para ajudar a defecar, se lhes trouxer benefícios. Mas caramba, ASSUMAM que é publicidade.

    ResponderEliminar
  12. Existem leis para publicitar medicamentos, inclusive os se venda livre, que é o caso de Alli. O post é tendencioso e quebra uma série de regras. Duvido que a SMS não tivesse problemas caso isto chegue aos olhos do infarmed.
    Pode-se publicitar tudo, desde que as pessoas saibam que é publicidade e desde que as regras sejam respeitadas. Não é o caso, neste caso. Só posso concluir que a autora do blog é irresponsável, ou tem cocó na cabeça (porque a 3ª hipótese seria achar que é mal formada....)

    ResponderEliminar
  13. Menina Pipoca, não sei como foi possível não ter recebido a minha missiva, mas também , na verdade, não percebo como é possível recebe-lá.
    Interpelei-a com o objectivo de receber da menina ajuda para os meus problemas.
    Disse-lhe eu que fora ao Ritz tomar o pequeno almoço e qual não é o meu espanto, quando me deparo com uns senhores de bata branca a quem pedi logo que me medissem a tensão. Pois não mediram. Os senhores deram- me um líquido para beber e no fim ofereceram -me o pequeno almoço.não me mostraram fotografias, mas eu logo desconfiei que alguma coisa queriam de mim.
    É esse o problema para o qual peço ajuda.
    Pediu-me aquela gente, que recomendasse o líquido aos meus amigos. Como poderia fazê-lo, menina Pipoca, se o liquido me causou uma incontinência urinária constrangedora, e uma astenia tal que julguei novamente ir entrar em coma. Resumindo, menina Pipoca, penso que fui burlado.

    ResponderEliminar
  14. Ah ah ah Ancião recomende o líquido aos seus inimigos, uma incontinência urinária poderá ser muito útil se lhe quiserem mostrar fotografias...

    ResponderEliminar
  15. As pessoas têm que perceber que perder peso e mantê-lo só se consegue adaptando um novo estilo de vida alimentar. Porque qualquer medicamento para perder peso é contra natura. Eu que sempre fui uma pessoa de oscilações de peso, consegui equilibrar a situação dede que segui a via das incompatibilidades alimentares. Comigo funciona e tem muita razão de ser, já que as enzimas têm o seu papel fundamental.

    A preocupação da Pipoca é legitima, mas há quem não tenha essa consciência apesar de tentarem transmitir que são 'pessoas de bem'.
    ´
    Vi há uns tempos publicidade na TV sobre o tal Alli e bem explicito que só se aplica a pessoas obesas. Mas será que o conceito de obesidade é relativo? Talvez. Para mim se tiver 5 kg a mais penso que estou na pré obesidade, se tiver 10 kg considero-me obesa, no meu 1.57 de altura. No entanto há quem tenha 30 e 50 e 70 kg em excesso. Perder peso consegue-se com disciplina e não com situações pontuais de toma de medicação. É inútil porque se recupera o peso que se perdeu.

    O treino fisico, como a corrida e a caminhada, ajuda na queima calórica, entre outros feneficios.

    Este tipo e outros de publicidade que há por aí deveria ser bem penalizado, estamos a falar da saúde das pessoas, maioritariamente adolescentes.

    ResponderEliminar
  16. Começo a ficar parva com alguns blogs. Vendem-se de uma maneira estúpida e deixam de ser "blogs" passando a ser aquele tempo de antena que ninguém gosta na TV entre os filmes. Dantes dava gosto ler alguns blogs porque eram engraçados, genuínos e únicos. Agora parecem todos umas "maria vai com todas". Não que seja contra a publicidade, apenas acho que devia haver um filtro. Só isso!!

    ResponderEliminar
  17. Mete-me nojo este tipo de posts de publicidade encaputada, do estilo, olhem aqui eu a fazer serviço público e a ser vossa amiguinha. Muitas bimbas vão a correr comprar isto e tudo o que estas bloguers anunciam nem que seja a coisa estapafúrdia do mundo. Eu estou cada vez mais a perder a paciência com as bloguers, passaram a ser parvinhas.

    ResponderEliminar
  18. muito pertinente e correcto o seu post. Aliás ainda hoje li um post tamb´me sobre isto, que reforça o seu. Se quiser espreite em http://brutus-invictus.blogspot.pt/
    Bom natal para todos que sobrevivemos com o que temos!

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.