quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Verdades Picantes #22

Inveja da boa é coisa que não existe, está bem docinhos? Apesar de ser humano sentir inveja ocasionalmente, vamos esquecer aqueles que sentem sempre, que não conseguem ver-se livres de tal sentimento, é tipo super cola 3, a  inveja é má. Não há tal coisa como inveja boa, há somente gente meio tola a proferi-lo, gente boa, mas meio tonta ainda assim.

13 comentários:

  1. Hem!?...Docinhos!!??
    Então não é Docinhas?? Hã!
    Bem, vamos lá ver as coisas bem clarificadas.

    ResponderEliminar
  2. é porque não é bem inveja, é uma coisa lá perto mas não há qualquer mau sentimento em relação à pessoa que tem o objecto de desejo :p. Não havendo uma palavra só, diz-se inveja da boa, não sei, digo eu, "c'os nerbos"

    ResponderEliminar
  3. Não sou uma pessoa invejosa, mas acredito que exista a inveja da boa.

    Por exemplo, se vejo uma mulher cheia de estilo, sinto inveja da boa por não ter aquela pinta. Ou seja, invejo o estilo, mas fico-me por ali. Não fico a remoer, a querer o que ela tem.

    Também invejo as pessoas muito viajadas, que conhecem meio mundo, mas não sinto que o faça de forma negativa. Vai daí, sinto inveja da boa. :P

    ResponderEliminar
  4. Vocês falam bem mas não me encantam... eu, por exemplo tenho inveja de quem sabe escrever, em vez de se limitar a juntar palavras como eu faço. Inveja da má, também queria e não sei, e, no entanto, só desejo mal ao Paulo Coelho e ao Rodrigues dos Santos. Pensando bem, desejo mais mal a quem me enganou dizendo que aquilo era bom.

    ResponderEliminar
  5. Eu não sou de inveja sou mais de cobiça, da mulher alheia, da mulher sem dono ainda, da solteira, viúva, divorciada e assim assim desde que cheia do tal estilo, curvas e sobretudo..inteligência que é o principal. Sim e eu sou dos que acreditam que pode haver mulheres simultâneamente bonitas e inteligentes!!

    ResponderEliminar
  6. Em sendo mulher a coisa faz-se, se bem o entendo.

    ResponderEliminar
  7. Ahahah. De tudo o que mais gostei neste post foi a resposta da pipoca ao Frank Faria: em sendo mulher, a coisa faz-se! Ahahaha
    Invejo esse humor refinado ;))

    ResponderEliminar
  8. Inveja da muita boa pipoca, assim como assim não fico aqui a desejar-te que partas uma unha ou que acordes com caspa. ;))

    ResponderEliminar
  9. Muito mais descansada, não consigo pensar em maior calamidade que partir uma unha
    (da caspa então, nem falar)

    ResponderEliminar
  10. Ó Frank; Cobiçar a mulher sem dono, não estou a ver qual a falcatrua nem que daí venha grande mal ao mundo, e também não é por aí que o gato lá vai. Quando muito algum prejuízo próprio se não for expedito e outro espertinho se lhe adiante.
    A alheia é que já tem que se lhe diga e corre sérios riscos de look maltratado. O melhor mesmo para evitar eventuais estadas hospitalares, é conveniente não cobiçar a Periquita do próximo, sobretudo quando o próximo estiver próximo.
    Quanto às mulheres inteligentes e simultaneamente bonitas, acredita e tem toda a razão. As dotadas de neurónios saudáveis são sempre bonitas, ainda que menos favorecidas de encantos naturais.

    ResponderEliminar
  11. O essencial é invisível para os olhos, disse um escritor que adoro

    ResponderEliminar
  12. O problema é que as pessoas não sabem o que é a inveja.
    Invenja é muito mais do querer o que o outro tem (isso é cobiça). Inveja é querer para mim o que o ouro tem e o outro ficar sem!

    Portanto, inveja nunca é algo bom. É um dos, senão mesmo o mais horrendo defeito do ser humano, capaz de dar cabo de qualquer projecto.

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.