sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Disso da importãncia da matemática

"Na Europa, cada manifestação "do orgulho Gay" contou, em média, com 100.000 pessoas. Cada manifestação Contra a Corrupção teve, em média, cerca de 2.500 pessoas! Estatisticamente, fica provado que há mais gente a lutar pelo direito de levar no rabo, do que a lutar para não ser enrabado"

Miguel Esteves Cardoso, quem mais?

8 comentários:

  1. Excelente dedução, Pipoca!
    E acho até que todos nós deveríamos já estar fartos de tanto levar no rabo (metaforicamente falando).
    O que acontece é que, Gay, qualquer um (a) pode ser com facilidade e ser enrabado com fartura (basta se colocar a jeito - o lubrificante facilitará o resto). Não imagino porque têm orgulho nisso, mas eles lá sabem, agora para ser corrupto já é mais difícil porque obedece à lei da oferta e da procura e claramente estou convencido que há muitos mais a querer ser do que aqueles que verdadeiramente conseguem. Concluindo: O pessoal acha que o "pirilau" do corrupto é mais fino e não doi tanto......puro engano!!

    ResponderEliminar
  2. MEC é um rapaz de valor e um grande pensador, e o Frank, se bem que menos conhecido também não deixa os seus créditos jogados pela valeta.
    Ambos deixaram provado que todo o mundo é Gay.
    Se não por devoção, São-no por obrigação.
    E outros então
    Por aceitação.
    O que deixa clarinho que com arte e jeito
    Se enraba qualquer sujeito.

    ResponderEliminar

  3. Rodrigão perdeu a tusa
    Não há mal que lhe não surja

    Rodrigão que em pensamento
    Salivava à do quarto andar
    Perde a tusa depois de votar
    Ganha a raiva do tormento
    Foda-se! Diz num lamento
    Não tem cêntimo que o sustente
    Nem p'ra lhe desabotoar o colchete

    Quis trepar à alta Dama
    Mas achou-se depenado
    e vendo-se desentesado
    Grita e berra num vozeirão
    O que me fizeste, meu kabrão
    Sem euro não chego lá, não
    Agora só mesmo à mão.

    Se se socorre de queixumes
    Para curtir seus azedumes
    Não o critiques tu toleirão
    Sem cheta foi-se-lhe o tesão

    Rodrigão perdeu a tusa
    Não há mal que lhe não surja

    ResponderEliminar
  4. Já que se fala em enrabadores e enrabados, cá vai mais uma fresquinha que nem sardinha a saltar na areia

    Não há diferença entre gasóleo 'premium' e normal, avisa DECO (SOL)
    A Deco alertou hoje que o gasóleo é todo igual, mesmo aqueles que são considerados 'premium'. «A diferença de preço entre o gasóleo Gforce e Hi-Energy, ambos da Galp, resulta de uma acção enganosa e estamos perante uma prática comercial desleal», refere a instituição de defesa do consumidor.

    ResponderEliminar
  5. A Galp já disse que não, que lhe acrescentam aditivos, embora à saída da "fabrica" sejam iguais

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.