segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Gracinha

Um dia, Gracinha, quando tiver filhos, certifique-se que os põe rapidamente a fazer desporto, de preferência de competição, a pratica do exercício de competição leva à disciplina, à procura da superação, ao sacrifício, à tenacidade e, não menos importante, ao respeito pelo adversário. E isto Gracinha, é tudo aquilo que alguém precisa para ter sucesso pela vida fora. Sabe Gracinha? Isto de sermos os melhores é um gosto que se adquire e não se perde nunca.

8 comentários:

  1. Concordo, devemos ser os primeiros a competir. Por nós.

    ResponderEliminar
  2. Não concordo, estou farto de competir, devo estar velho ou então é apenas .....preguiça temporária!

    ResponderEliminar
  3. É tão bom competir... E ganhar... Aquela adrenalina é um vício! Melhor que qualquer droga. E mais barata também

    ResponderEliminar
  4. A melhor coisinha que a mãe me fez!
    Muito cedo ginástica desportiva (a de aparelhos; agora chama-se artistica) e natação!
    Não entrego os pontos nem à lei da bala!

    ResponderEliminar
  5. Ginástica artística foi a minha primeira grande frustração. Aos 10 anos ouvi um "a menina já está velha para começar". Tive de ir para a acrobática.

    ResponderEliminar
  6. Competir? Nao obrigada.

    A competicao traz a superficie o pior do ser humano (ate no desporto!).

    ResponderEliminar
  7. Anónimo, o pior? A competição leva a testar e desafiar os limites próprios. Onde é que é mau tentar fazer sempre melhor? Aprender a não desistir? Descobrir que o esforço e o trabalho compensam? Respeitar o adversário porque ele é tão bom ou melhor que nós? É mau, isto?

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.