segunda-feira, 9 de julho de 2012

Sim...

a Pipoca também gostava muito dele, leu variadíssimas obras e até estava capaz de apostar que isso é bastante mais que aquilo que fizeram vários dos que dizem que estão tão tristes, logo a Pipoca que nunca aposta a menos que saiba que ganha. A vida é como é meus amores e, os saldos da Zara já começaram. Ide lá, sim?

5 comentários:

  1. Tenho de admitir que nunca li García Márquez, mas pelas poucas entrevistas que li, admirava-o. Mas arre, não morreu, escusam de ficar assim tristes. Está bom que não escreve, mas o senhor é vivo.

    ResponderEliminar
  2. A vida é feita de memórias S* e é por isso que ninguém morre enquanto for recordado, Garcia Marquez não morreu, não morrerá nunca, morreu o escritor, leia amor nos tempos de cólera é realmente muito bom, mas irra, não se fala de outra coisa, já vi posts a lamentarem a sua morte física, que ainda há-de vir.

    ResponderEliminar
  3. Pois, isso acho um bocadinho exagerado, tenho de admitir. Infelizmente a demência é muito comum na velhice e ele já não vai para novo... é triste, claro que é, especialmente sendo um escritor talentoso, mas falar na morte física é de muito mau tom. :/

    Vou tentar ler, prometo.

    ResponderEliminar
  4. Ficará a ganhar, é leitura obrigatória
    (se a Pipoca fosse mulher de postar smiles, agora sairia um)

    ResponderEliminar
  5. Se apostares comigo vais perder de certeza. Li seis dele, entre eles esse de que falas, "amor em tempos de cólera" mas não foi o que mais gostei.
    Não é o meu escritor preferido, nem mais ou menos, mas na minha biblioteca, composta de 820 volumes, tenho nove livros dele.
    Por isso se apostares comigo vais perder, mas não aposto contigo na maratona das meninas para a Zara porque aí ias ganhar com toda a certezinha.
    Um smile, posso...:)

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.