segunda-feira, 18 de junho de 2012

Se ele...

Se dá ao trabalho de mandar lavar o automóvel alemão antes de me ir buscar, sai do carro de propósito para me abrir a porta, escolhe cuidadosamente a música que nos acompanha, aparece com aquele ar cuidadosamente descuidado, usa um perfume capaz de despertar vontades às pedras da calçada, tem o cuidado de olhar distraidamente a ementa e acaba por pedir o mesmo que eu, soube escolher o vinho perfeito e me olhou nos olhos durante todo o tempo, porque raio haveria de estragar tudo ao confessar a sua paixão pela sueca?

13 comentários:

  1. ... Porque a Sueca é um jogo de "surdos mudos"!

    ResponderEliminar
  2. Não sei porquê. Se se interessasse por roleta seria bem pior.
    Tomara eu que o meu só se interessasse por sueca que bem menos nervos me dava. ;)

    ResponderEliminar
  3. Adoro esta intolerância do "era o rapaz perfeito mas gostava de jogar à sueca, o que impossibilitou uma grande história de amor". O seu blog também poderia ser perfeito se não caísse na vulgaridade de ser a milionésima Pipoca da blogosfera, mas pronto, arranja-se um nome parecido com um blog famoso, vai-se fazer uns comentários no blog do marido, e assim se atrai uns leitores. Mas apesar de lhe copiar o nome, não gosta das unhas e escarrapacha-as aqui, e não me parece que vá ficar só por esta zona anatómica. Muito distinto e com classe sim senhora. Conclusão dona Pipoca 25734, se queria demarcar-se das made in Rinchoa e mostrar que tem todo um outro estilo de vida, podia ter começado a demarcar-se pelo nome (nós as Beneditas, Franciscas, blá blá blá, mas que depois somos mais uma pipoca no meio do balde).

    ResponderEliminar
  4. Não leve as coisas tão a sério anónimo, afinal de contas isto não passa de um blog...

    ResponderEliminar
  5. Eheh...
    Outra no antecipado fracasso de uma vã e inglória veleidade de levar esta Pipoca à certa.
    Se nem eu, (passe a modéstia), o consegui; vinha agora um anónimo, (que por estranhos e nunca desvendados mistérios da natureza é uma anónima) passar-me a perna.
    Faltava mais!

    Empoleirado no meu galho
    Miro o mundo aos tropeções
    Uns, lamentando o triste fado
    Outra, (anónima), no muro das recriminações.
    Oh! Senhores!
    Que vãs e inglórias tentações.
    Levar uma Pipoquinha de raça
    que com arte e com graça
    Não fazendo disto praça
    Vai falando e...embaraça.

    ResponderEliminar
  6. Arte e graça tem o meu bom Colibri, posso chamar-lhe assim? De poucas coisas a Pipoca será incapaz, mas uma delas será certamente escrever versejando

    (são sempre anónimas...)

    ResponderEliminar
  7. Agora parecia imitar o pipoco mais salgado!!!

    ResponderEliminar
  8. Este blog reúne o melhor da blogoesfera. O Salgado não poderia deixar de aparecer por cá.

    ResponderEliminar
  9. Podia ser pior. Podia confessar que adora sushi, de suar em meias-maratonas e afins e que adora ver todas as partidas de futebol (desconfio que algumas até grava para colocar em modo loop)

    ResponderEliminar
  10. Se ao menos ainda fosse pelo jogo da malha...
    (piada básica)

    ResponderEliminar
  11. Está calor, apareceu de algodão
    (mais básica ainda)

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.